Pravda.ru

Notícias » Portugal


O QUE É A UCCLA?

05.01.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

HISTÓRIA

A UCCLA – União das Cidades Capitais Luso-Afro-Américo-Asiáticas – nasceu a 28 de Junho de 1985 por iniciativa do então presidente da Câmara de Lisboa, Nuno Krus Abecassis.

OBJECTIVOS

É uma organização não governamental, sem fins lucrativos, intermunicipal e internacional, na qual todas as Cidades membros têm um tratamento igual. O principal objectivo da UCCLA é estimular a cooperação entre as Cidades-membros, beneficiando da vantagem de falarem a mesma língua.

MEMEBROS

A UCCLA é constituída por 21 cidades, 16 das quais são membros efectivos e cinco membros associados, e ainda por 43 empresas. Os membros efectivos são Bissau, Bolama e Cacheu, na Guiné-Bissau; Brasília, Rio de Janeiro e Salvador, no Brasil; Cidade da Praia, em Cabo Verde; Díli, em Timor-Leste; Guimarães e Lisboa, em Portugal; Ilha de Moçambique e Maputo, em Moçambique; Luanda, em Angola; Macau, na China; e Santo António do Príncipe e São Tomé, em S. Tomé e Príncipe.

ALGUNS PROJECTOS DA UCCLA

União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa UCCLA) está actualmente a desenvolver projectos em todos os países de língua portuguesa, com excepção

do Brasil. Ao todo estão em execução 14 projectos como em Timor, mais precisamente em Díli; Cabo Verde, Moçambique, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Angola. Ficam aqui alguns exemplos de projectos.

MOÇAMBIQUE

O protocolo com a UNESCO vai ser assinado em breve. O restauro integral da Fortaleza da Ilha de Moçambique é patrocinado pela UCCLA. O objectivo é recuperar o Património da presença portuguesa no Mundo e criando simultaneamente um pólo de atracção turística.

ANGOLA

Trata-se da recuperação do Centro Histórico de Luanda. Numa visita recente à sede da UCCLA, em Lisboa, o vice-ministro da Cultura de Angola, arquitecto André Mingas, reafirmou o interesse do Governo na recuperação dos símbolos históricos de Angola.

GUINÉ-BISSAU

O Forte do Cacheu, um dos primeiros na África Ocidental, está a ser recuperado para servir a cidade. Vai ter biblioteca, áreas de lazer e parque infantil. O objectivo é que não seja a penas um monumento, mas também um equipamento da cidade.

CABO VERDE

A construção da Casa Padja, na cidade da Praia, Cabo Verde. O projecto aguarda alterações. Trata-se de recuperar um símbolo da arquitectura cabo-verdiana onde serão instaladas uma delegação da UCCLA, salas de conferência e convívio, biblioteca, entre outras coisas.

Será como a recuperação da ponte da Ilha ao Continente que já deveria estar em fase adiantada e parece que nem começou?

Fernando Gil

 
2751
Loading. Please wait...

Fotos popular