Pravda.ru

Notícias » Moçambique


Falta de água potável mata 20,000 crianças por ano

26.06.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Dezenas de milhares de crianças morrem todos os anos de doenças relacionadas com água impróprio para consumo, como cólera, de acordo com o relatório da UNICEF: http://www.unicef.org/newsline/2003/03nn57mozambique.htm

O relatório declara que cólera ainda é endémica em várias partes do país, vitimando milhares de crianças todos os anos. A taxa de mortalidade infantil em Moçambique é uma das mais altas no mundo, situando-se em 246 por mil nados vivos, 13% destes causadas directamente por água imprópria para consumo.

“Traduz-se na morte de 55 crianças com menos do que cinco anos de idade por dia, de diarreia. Outros milhares de crianças estão em risco por causa de cólera, infecções causadas por água suja e condições sanitárias não adequadas”, referindo que há muito a fazer e se não forem tomadas as medidas necessárias, em breve muitos milhares de crianças vão encontrar uma morte evitável.

O relatório cita que 25% dos agregados familiares gastam mais do que uma hora por dia para chegar a uma fonte de água potável”. Quem vai buscar a água é geralmente as crianças e tradicionalmente, as raparigas, o que significa que faltam às aulas para irem buscar a água. Na maioria das escolas, afirma o relatório, não há casas de banho e em zonas rurais, 29% da população não tem casa de banho próprio.

A UNICEF está a promover campanhas de consciencialização pública sobre cuidados com a higiene.

Bento MOREIRA PRAVDA.Ru MAPUTO MOÇAMBIQUE

 
1523
Loading. Please wait...

Fotos popular