Pravda.ru

Notícias » Moçambique


Dhlakama atira primeiro e pensa depois

04.02.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Afonso Dhlakama afirmou que ganhou as eleições legislativas de 1999, acusando o seu rival, Presidente Joaquim Chissano, de Ter recebido votos falsos, citando fontes que quando verificadas, eram falsas.

Não é a primeira vez que o líder do maior partido da oposição é apanhado a fazer declarações destas, o que não precisa de fazer. Bastava levantar assuntos importantes para o país e fazer oposição séria, no parlamento.

Desta vez, fez as suas declarações ao semanário “Zambeze”, onde declarou que os seus 250 000 votos em Nacala em 1999 foram-lhe retirados. Visto que o censo de 1997 mostrou que a população com idade para votar em nacala seria menos do que 85 000, é pouco provavel que o número de habitantes tenha aumentado em 165 000 em dois anos, quando na média o aumento da população no país é 2,3%.

Mesmo somando a cidade de Nacala com o distrito de Nacala-a-Velha, o número de votantes nem chega a 125 000, por isso, mais uma vez, Dhlakama foi apanhado a fazer política à Lucky Luke – atirar primeiro e só depois pensar.

Dhlakama também afirmou que o candidato da FRELIMO para as eleições presidenciais para este ano, Armando Guebuza, “precisa de 15 anos para chegar ao meu nível”.

Com políticos com um nivel deste, o país está em boas mãos. Menos arrogância e mais trabalho seria bem vindo.

Bento MOREIRA PRAVDA.Ru MAPUTO MOÇAMBIQUE

 
1446
Loading. Please wait...

Fotos popular