Pravda.ru

Notícias » Guiné-Bissau


Brasil forma 30 oficiais das Forças Armadas da Guiné-Bissau

06.07.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Brasil forma 30 oficiais das Forças Armadas da Guiné-Bissau

Revelou a fonte do exército que, trinta oficiais das Forças Armadas da Guiné-Bissau vão receber formação no Brasil nos domínios da agricultura, pesca e pecuária, para poderem inserir-se na vida activa.

De acordo com a fonte do Ministério da Defesa, os 30 militares serão seleccionados entre os oficiais superiores com idade avançada e prontos a abandonarem os quartéis logo que regressem do Brasil.

O projecto enquadra-se no âmbito do programa de reforma das Forças de Defesa e Segurança da Guiné-Bissau acordado com a comunidade internacional, sendo uma das componentes para a estabilização no país.

Os oficiais seleccionados irão ainda visitar, durante 15 dias, propriedades privadas ou cooperativas empresariais na Nigéria antes de chegarem ao Brasil, onde deverão permanecer pelo menos um ano.

Cada um dos oficiais irá receber um subsídio equivalente a 10 mil euros durante a formação e, terminado o curso, recebe os equipamentos para instalar a sua unidade de produção ou negócio privado.

A fonte adiantou que da parte do governo e das Forças Armadas brasileiros tudo está pronto, faltando apenas que o governo da Guiné-Bissau comunique quem são os militares seleccionados e quando é que partem.

Além da disponibilidade para abandonar as fileiras do exército, os candidatos deverão ser oficiais superiores e graduados, indicou ainda a fonte.

O governo da Guiné-Bissau está a proceder a um amplo programa de reforma nas forças armadas, devendo desmobilizar, reformar ou mandar para a reserva grande parte dos efectivos, sobretudo, militares em idade avançada.
A fonte disse ainda que os fundos da comunidade internacional mobilizados no âmbito da mesa-redonda que o governo de Bissau realizou, em Novembro passado, com os doadores, já começaram a chegar ao país.

A União Europeia (UE) mobilizou cerca de sete milhões de euros para o apoio aos projectos do programa de reforma das Forças Armadas guineenses.

Fonte Noticias Lusofonas

 
2196
Loading. Please wait...

Fotos popular