Pravda.ru

Notícias » Brasil


FPF apresenta mouse ocular em Fórum de Tecnologia

30.03.2006 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Quem participar do I Fórum de Tecnologia Assistiva e Inclusão Social da Pessoa Deficiente, que será realizado durante os dias 30 a 01 de abril, no Auditório da Unidade Ambulatorial de Fisioterapia e Terapia Ocupacional – (UAFTO) – Belém – Pará, deverá assistir a palestra do Coordenador de Desenvolvimento da Fundação Des. Paulo Feitoza, Dr. Rogério Caetano que estará explanando sobre o Desenvolvimento de dispositivos Hardwares e Softwares para pessoas com deficiência – Mouse Ocular e Software A Voz do Mudo, duas das mais importantes inovações tecnológicas produzidas nos laboratórios da FPF, sediada no Pólo Industrial de Manaus.

Esse evento tem como objetivo criar um espaço de debate nacional sobre as novas tecnologias na educação especial e (re)habilitação, além de reunir pesquisadores envolvidos com a temática da Tecnologia Assistiva no Brasil entre outros. O público alvo do evento são estudantes, pais, familiares, pesquisadores e profissionais de diversas áreas do conhecimento.

O Fórum será realizado em paralelo com o IV Simpósio Paraense de Paralisia Cerebral e terá como atividades: conferências, palestras, workshops, mesas redondas e apresentação de trabalhos científicos relacionadas com temas como paralisia cerebral e outras deficiências, acessibilidade, melhoria da qualidade de vida através da Tecnologia Assistiva, softwares para comunicação e outros temas correlatos.

Só para lembrar: Entre as funcionalidades que o Mouse Ocular oferece, destaca-se a possibilidade de pessoas portadoras de necessidades especiais, com tetraplegias, ausência ou alto grau de comprometimento dos membros superiores, possam utilizar plenamente um computador, através da digitação de palavras, frases ou textos, navegação na Web e utilização de qualquer software, usando somente piscados e movimentos oculares. O Mouse Ocular possibilita ainda a seus usuários o resgate da auto-estima, o aumento da sua autonomia, a reinserção no mercado de trabalho e o retorno aos estudos, proporcionando tanto a sua inclusão social quanto digital. Sua aplicação é de fundamental importância na comunicação de pacientes com paralisias crônicas, advindas desde acidentes automobilísticos até distrofias musculares e doenças degenerativas congênitas, bem como em pós-operatório de pacientes com graves enfermidades.

O projeto A Voz do Mudo é um equipamento portátil que interpreta a linguagem de sinais utilizada pelos deficientes vocais/auditivos e a converte em voz. Isto é feito através de uma luva equipada com sensores que captam os movimentos da mão (sinais da Linguagem Brasileira de Sinais - LIBRAS) e os convertem em impulsos elétricos. Esses impulsos são interpretados por um programa de computador e convertidos em letras, formando palavras e frases que são “faladas” por um sintetizador de voz portátil que fica acoplado na cintura do usuário. Dessa forma, os deficientes vocais/auditivos poderão dispor de um tradutor instantâneo para a linguagem de sinais.

Andréa Brito Dias Assessoria de Comunicação abrito@fpf.br

 
3105
Loading. Please wait...

Fotos popular