Pravda.ru

Notícias » Brasil


Oposição com Humor

30.01.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O mundo inteiro sabe que o PT, filosoficamente, não engole empresário, contesta a política de emprego de quase todas grandes empresas e sempre que pode cutuca e espeta federações e confederações que administram suas categorias.

O governo culpa e critica os empresários pela elevação de preços, pela cobrança, pela queda de juros e pela alta da inflação. Em campanha, devidamente orientado pelo marketing, Lula ainda foi paz e amor, quase romântico. Eleito, e bem avaliado pelas pesquisas, o presidente sempre que pode relembra seus tempos de porta de fábrica e atiça os brios do empresariado. Agora, na Índia, fez isso.

Pediu a eles que trabalhem mais e chorem menos. Aqui no Brasil, agindo como sempre agiram, os empresários reagem e falam que Lula está em busca do estrelato. E nesse cenário que começa o ano de 2004, ano que Lula garante que haverá crescimento, investimentos e aumento de emprego. Pois sim.

IBGE e FIPE, más notícias

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu para 0,68% em janeiro, conforme registra o IBGE. Em dezembro, o índice era de 0,46%, e já era considerado alto. Contribuíram para isso o aumento da tarifa da energia elétrica e o aumento dos combustíveis. Em São Paulo, a FIPE registra alta nos preços. Nos últimos trinta dias, diz a pesquisa, o aumento nos preços foi acima de 0,71%. Vem aí, infelizmente, um previsível aumento da inflação, fantasma que andava sumido, mas aos poucos vai nos assustar com a voracidade dos leões.

O que é ruim, pode piorar

Para um governo que se diz moderno, que assume o país com a pretensão de mudanças, com a promessa de estabilizar a economia e fazer um país independente, começar o ano brigando com empresários sinaliza amadorismo administrativo.

Para que a comunidade faça uma avaliação do que isso representa basta ler nos jornais de hoje a reação indignada de alguns dos maiores empresários do país.

Saia justa no Planalto

Que o ministro José Dirceu manda no governo, mais do que muita gente imagina, já não é novidade. O que pode ser novidade é que esse fato parece estar incomodando um pouco mais o presidente, que, segundo os jornais de hoje, promete colocar um freio nas decisões do ministro. Para o senador Cristovam Buarque, Dirceu é uma espécie de Primeiro Ministro do governo Lula, ou seja decide por ele, tem amplos poderes e status de governante. Quem conhece política, sabe que esse tipo de desentendimento faz apenas uma vitima: o país.

Cofins - Mais queda nas vendas

De acordo com balanço da Eletros (entidade representante dos fabricantes do ramo) o setor de eletroeletrônicos, que no passado já foi considerado o motor do desenvolvimento, viu suas vendas caírem 2,25% em 2003. Se esse resultado já é ruim, imaginem o que virá com a aplicação da nova Cofins a partir de 1º de fevereiro, quando, segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos, o aumento médio dos produtos será de 4%.

Inadimplência Recorde

Apesar da retração da economia em geral, e do consumo em particular, em virtude da estagnação econômica registrada no primeiro ano governo petista no ano de 2003. A inadimplência aumentou 5,2% comparada com o ano anterior (2002).

Empurrãozinho

Quando na oposição, o PT cobrava efusivamente ética do governo FH. Uma vez no governo, acomoda-se em suspeito silêncio acerca do episódio em que o vice-presidente da República tentou influenciar no resultado de um concurso público. Isto não é só um favor de amigo, como tentou se justificar Alencar, isto é crime contra a administração pública. Em outros tempos o PT estaria pedindo uma CPI, e agora Lula?

Gafe em discurso

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva começou o terceiro dia na Índia discursando na abertura de um seminário sobre desenvolvimento sustentável. Na parte improvisada, cometeu uma gafe.

"O desafio colocado para nós é o de que não basta crescer para atender uma pequena casta da nossa sociedade", disse Lula. A Índia é dividida em castas. A discussão do assunto com estrangeiros é vista com reservas no país.

Outras gafes

"Quem chega a Windhoek não parece que está num país africano. Poucas cidades são tão limpas e bonitas arquitetonicamente quanto esta cidade".

Em 07.nov.2003, na Namíbia

"Um brinde à felicidade do presidente Bashar al Assad"

Em 03.dez.2003, na Síria. A tradição islâmica rejeita o álcool

"Há males que vêm para o bem".

Em 24.Set.2003, em Nova York, comentando o acidente na base de Alcântara com o russo Vladimir Putin

"Daqui a dois ou três [encontros], talvez não sejamos muitos dos que estão aqui. Nem será o Tony Blair que estará convidando".

Em 14.Jul.2003, na Inglaterra

PSDB

 
4934
Loading. Please wait...

Fotos popular