Pravda.ru

Notícias » Brasil


Fórum Social Mundial: Simboliza a Nova Humanidade

24.01.2005 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

“Concordando ou não concordando com as conclusões do fórum, divergindo ou não, o importante é que neste mundo diverso, neste mundo plural, seja assegurado o direito de essas vozes e esse pensamento se expressar”, declarou José Fogaça à imprensa hoje.

Porto Alegre se prepara para receber entre 100.000 e 150.000 pessoas para a quinta edição do Fórum Social Mundial, que contará com a presença do Presidente Lula e do Hugo Chavez, da Venezuela.

Uma das propostas a ser levantadas neste Fórum é que a dívida dos países afectados pelo tsunami seja cancelada. A dívida acumulada pelos países afectados é de 272 bilhões de USD. A Indonésia, o país pior afectado, tem uma dívida externa de 130 bilhões.

O Partido dos Trabalhadores será, como sempre, activo neste Fórum, que terá 2.000 actividades oficiais, além dos eventos em paralelo.

O Presidente do PT, José Genoino, participará no Fórum das Autoridades Locais no dia 25 e depois, numa reunião de Prefeitos do PT. No dia 26, integrará a reunião entre prefeitos do PT e membros da Internacional Socialista e depois assistirá à Caminhada de Abertura do FSM.

No dia 27, será o discurso do Presidente Lula, na acção chamada Chama Global para Acção Contra a Pobreza e às 13 horas, haverá a inauguração do espaço do PT.

Na sexta-feira, o PT vai ser representado por José Genoino do debate "Os Partidos de Esquerda e a Consolidação da Democracia Brasileira", promovido pelo PT-RS.

O evento deste ano será o primeiro para o P-SOL (Partido Socialismo e Liberdade), que vai lançar iniciativas a nível nacional e internacional. Declara este partido que “Milhares de pessoas que estarão no fórum já se decepcionaram com o PT, cujo governo social liberal já deixou marcas inquestionáveis, sendo que muitos destes milhares de participantes serão simpáticos ao P-SOL ou pelo menos esperam conhecer melhor nosso partido”, postulando-se como alternativa do Partido dos Trabalhadores, à esquerda do governo de Presidente Lula.

Quanto a nível internacional, o P-SOL quer “Fazer do FSM um ponto de apoio para relançar o movimento contra a guerra do Iraque e a política do imperialismo”. O P-Sol quer relançar o movimento anti-guerra, considerando que "Esta luta contra a política imperialista no Iraque tem que ser o eixo mais global e internacional deste FSM”.

Para o Partido Comunista do Brasil, o FSM é “o encontro da luta dos povos por um mundo novo.”

Para o PC do B, é importante realçar a luta anti-imperialista, alem de promover um intercâmbio cultural e político entre os povos. Para tal, frisa a importância das seguintes iniciativas.

O Partido Comunista do Brasil estará presente no evento "A luta pela paz, contra a guerra e o imperialismo", no dia 27, em que será apresentado um abaixo-assinado, através de uma petição jurídica, que pleiteia a punição do Presidente Bush por crimes contra a humanidade.

Mais que trinta institutos e publicações vinculados a Partidos Comunistas de todo o mundo promovem o seminário “Os desafios atuais da luta pelo socialismo", no dia 30.

Porém, o PC do B terá um estande onde será coordenada uma grande diversidade de iniciativas políticas e culturais, juntamente com o Instituto Maurício Grabois, além das duas iniciativas referidas.

Melton NASCIMENTO RIO de JANEIRO BRASIL

 
3431
Loading. Please wait...

Fotos popular