Pravda.ru

Notícias » Brasil


Genoino: Ética no PT é irredutível

23.02.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, José Genoino, fez questão de frisar, na tarde desta quinta-feira, durante entrevista coletiva a correspondentes da imprensa internacional, na sede do Diretório Nacional do PT, que não é a primeira vez que setores de oposição ao PT atacam a bandeira da ética do partido, mas o PT mostrou em sua história que qualquer fato o PT afasta e pune. Sobre o pedido de abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o caso, o presidente do PT disse que há interesse político, por parte de setores do PSDB.

Questionado por quase duas horas pelos jornalistas, não só sobre o caso de Waldomiro Diniz, mas sobre o caso de CPI dos bingos no Rio Grande do Sul, e as supostas irregularidades quando Celso Daniel estava a frente da Prefeitura de Santo André (região do Grande ABC), Genoino disse os casos tiverram seus resultados apurados e concluídos pelos deputados e pela polícia e o Ministério Público respectivamente.

De acordo com Genoino, a denúncia contra Olívio Dutra foi arquivada. "A CPI na assembléia legislativa do Rio Grande do Sul foi conduzida pela oposição, mas não teve elementos para acusar Olívio Dutra", disse. Em Santo André, Genoino enfatizou que o caso foi amplamente investigado pela polícia. "Houve um processo administrativo que se desenvolveu bem antes da morte do prefeito Celso Daniel e até utilizado pelo meu concorrente ao governo do Estado, durante as eleições em 2002, como prova de eficiência", destacou.

Genoino reiterou a posição do PT sobre o caso do ex-assessor da Casa Civil Waldomiro Diniz, exonerado prontamente pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva após denúncias de que estaria envolvido em casos de propina.

Genoino enfatizou que não há denúncia de irregularidade sobre Waldomiro Diniz durante o trabalho na Casa Civil. "Ao saber das denúncias contra Waldomiro, o governo Lula agiu de modo correto e rápido", ressaltou. O presidente do PT disse, também, que está aberta uma comissão de sindicância do governo, além de investigação que está sendo conduzida pela Polícia Federal.

O presidente do PT também reiterou a confiança que o partido tem no ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, e descartou qualquer hipótese de o ministro deixar o cargo. "Queremos em nome do Partido dos trabalhadores reiterar solidariedade e confiança no ministro José Dirceu", afirmou Genoino. "A saída do ministro é especulação, pois a possibilidade não existe."

O presidente do PT concluiu a entrevista coletiva ressaltando detalhes sobre a proposta de reforma política que tramita na Câmara dos Deputados.

PT

 
2707
Loading. Please wait...

Fotos popular