Pravda.ru

Notícias » Brasil


TV latino-americana Telesur estará pronta em três meses

22.04.2005 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

A Telesur funcionará 24 horas por dia e terá sede na Venezuela, com correspondentes na Argentina, Brasil, Colômbia, Cuba, México, Uruguai e Estados Unidos. "Este é um projeto político porque vai ajudar a integração latino-americana", disse o diretor-geral da Telesur, Aram Aharonian, em entrevista nesta terça (12/4).

Aharonian, um jornalista uruguaio que há anos trabalha na Venezuela, disse que a nova emissora, com sede em Caracas, oferecerá uma alternativa às visões de emissoras como a norte-americana CNN em espanhol e a espanhola TVE. "Nós na América Latina e no Caribe fomos treinados a nos ver por olhos estrangeiros. Deveríamos estar olhando para nós com nossos próprios olhos".

"Uma rede de televisão regional contribuiria, em boa medida, para contestar o desequilíbrio informativo colossal que vive a América Latina", afirmou à Agência Alai-Amlatina o jornalista chileno Hernán Uribe, um dos muitos que, na América Latina, apóia a chegada da Telesur.

Emissoras estatais de Cuba e do Brasil também estão colaborando com a Telesur, que produzirá seu próprio noticiário e também tentará refletir a diversidade étnica e cultural do continente, transmitindo programas produzidos em vários países, segundo o jornalista. As primeiras críticas afirmam que o controle estatal e a presença de um cubano na diretoria transformem a Telesur em um veículo de propaganda antiamericana para Chávez e para o seu maior aliado, o presidente cubano, Fidel Castro. Aharonian promete uma cobertura equilibrada sobre a oposição a Chávez e Fidel.

"Não entendo essas preocupações. Se for um canal de propaganda, ninguém vai assistir, ou vai? (...) Se houver notícia, certamente iremos cobrir, mas se for só propaganda, certamente não".

Segundo Ana Delicado, ouvida pelo jornal cubano Granma, os EUA e a União Européia controlam 90% da informação do planeta. Das 300 principais agências de informação, 144 são dos EUA, 80 da União Européia e 49 do Japão. Os países pobres, onde vive 75% da humanidade, possuem só 30% dos jornais do mundo. A Telesur tem uma diretoria internacional, presidida pelo atual ministro de informação da Venezuela, Andrés Izarra. Dela faz parte o jornalista e presidente da TV Comunitária de Brasília, Beto Almeida.

Núcleo Piratininga de Comunicação (Com Reuters, Granma e Cadena Global)

 
2396
Loading. Please wait...

Fotos popular