Pravda.ru

Notícias » Brasil


Oposição: PSDB

22.01.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Beira ao cinismo e à irresponsabilidade a política adotada pelo governo - leia-se Ministério da Saúde - com relação à prática de transplantes de medula óssea adotada, hoje, pelo Instituto Nacional do Cancer, INCA.

Conforme denúncia do jornalista Élio Gaspari, no domingo, e matéria de O GLOBO na edição de hoje, o médico Daniel Tabak, um dos maiores especialistas, denuncia pressão política e descaso do Ministério da Saúde no que diz respeito à condução dos trabalhos no Instituto.

Tabak, que está demissionário do cargo de Diretor do Centro de Transplante de Medula Ossea, acusa o governo de interferência na lista de nomes de pacientes que aguardam testes para a busca de doadores não-aparentados. A denuncia é grave, e coloca em choque a credibilidade do Ministério da Saúde que, segundo o médico pode estar agindo sob influência política.

Hipocrisia - 2

Preocupado com os rumos que essa política possa tomar, e revoltado com o que assiste depois de 16 anos à frente do órgão, Tabak, na entrevista ao jornal O Globo, desabafa: "ingerência política sempre existiu e sempre consegiumos contornar. Mas agora é exercida uma pressão intensa aliada a um descuido que não é possível suportar".

O especialista, ainda segundo a matéria, se recusa citar nomes de políticos que pressionaram pelo atendimento de afilhados não inscritos na lista do Cemo. Mas, segundo o jornal, outros diretores do Cemo confirmam que nomes do primeiro escalão do governo estão envolvidos. Para o diretor demissionário, é inaceitável que o mesmo governo que dificulta repasse de recursos para o orgão peça prioridade para apadrinhados.

Mordaça de Dirceu divide petistas

Como era de se esperar, os próprios petistas já reagiram às declarações do ministro José Dirceu que pede limitações na ação do Ministério Público e acusa a imprensa de violar segredos de justiça.

O líder do partido no Senado, Tião Viana discordou das críticas de Dirceu, afirmando que não partirá do PT nenhuma atitude que conduza a aprovação da Lei da Mordaça. Aumentando a polêmica, que tudo indica será mais um bate-boca interminável entre os petistas, o presidente do partido José Genoino apoia José Dirceu e acha que o MP comete exageros. Acha, por exemplo, que o MP não deveria ter pedido a reabertura do caso do assasinato do prefeito Celso Daniel, há dois anos atrás. A senadora petista Ideli Salvati entra no debate e discorda de Genoino e de Dirceu, e apoia a decisão dos procuradores.

Tudo pelos bons companheiros

Na base do "vamos lá companheiros que no final tudo dá certo", o governo Lula está há mais de três meses nesse lenga-lenga de reforma ministerial. O governo vem estressando quem está no cargo, entusiasmando futuros pretendentes e, o que é pior, gerando uma expetactiva negativa nos ministérios, que trabalham ou aguardam as ordens de quem chegar. E isso num ano em que o governo promete investimentos, realizações, mudanças e crescimento. O que se nota é uma indecisão para tomar atitudes, insegurança política para indicar pessoas e cargos e um perigoso espírito de corpo que protege, perdoa, releva e abre precedentes.

Tudo pelos bons companheiros - 2

Governar é saber decidir, saber liderar, saber comandar e ter a coragem de colocar em prática o que a nação pede, independetemente do que amizades e sentimentos pessoais possam influenciar. Ao que parece, o medo que Partido dos Trabalhadores tem de perder o comando das ações é tão grande que ninguém se arrisca a abrir espaços a quem não lê a mesma cartilha. A cada dia que passa, e isso o povo brasileiro já percebeu, o PT aprimora a sua arte de praticar a perigosa política da mesmice administrativa. Fala uma coisa e faz outra, promete tudo e não cumpre nada, não tem criatividade produtiva e é lento nas decisões. Tá tudo aí, só não vê quem não quer.

PSDB

 
3961
Loading. Please wait...

Fotos popular