Pravda.ru

Notícias » Brasil


O RISCO DE SE GANHAR UMA MEDALHA OLÍMPICA

21.07.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Fala-se muito da igualdade delas com os homens, que a mulher conquista cada vez mais o espaço do homem, que há mais eleitoras do que eleitores, que a proporção de mulheres é maior do que a dos homens, enfim, tá sobrando mulher !

E realmente, tá sobrando mulher, só que agora é nos campos de futebol. Já notaram como tem mulher que aparece nas torcidas durante a transmissão de jogos de futebol ? Já notaram como tem meninas jogando futebol nas escolas, nos campinhos perto de casa, e em alguns estádios do Brasil e do mundo ?

Pois bem, nada estranho; nada demais. Eu, como homem, jamais imaginei quando garoto que um dia estaria na cozinha, fazendo almoço enquanto a minha namorada assiste televisão. Hoje em dia, as meninas não saem somente para ir ao shopping, saem também para jogar futebol. Normal, é um esporte como qualquer outro. Sabiam que há alguns anos, a recordista mundial de uma das provas de pára-quedismo era uma mulher ?

O mundo mudou, e para melhor. E o Brasil, em alguns segmentos, também mudou, para melhor.

A Seleção Brasileira de Futebol Feminino, comandada pelo experiente Renê Simões, segue para Atenas numa "Missão Impossível": conquistar uma medalha olímpica, se possível a que brilha mais. Vamos enfrentar países com grande desenvolvimento, como os EUA, Austrália, Alemanha e China. Vai ser uma parada duríssima !!! Nesses países, há campeonatos regulares, calendário anual, treinamento profissional nos clubes ... e a CBF, na verdade, faz o que pode, treina as atletas utliizando as instalações da Granja Comary, oferecendo o que há de melhor para as atletas. Porém, e quando acaba o período de treinamento ? Há jogadoras que nem clube tem ... impressionante.

Se não ganharem nem a de bronze, não será demérito, pois quem trabalha com o Futebol Feminino, sabe das dificuldades deste esporte, de dar inveja aos esportes mais incomuns praticados no Brasil.

Aquelas jovens que seguem para Atenas (antes passam na Suécia para amistosos) são guerreiras mesmo, algumas deixaram os estudos e vida familiar para trás em busca do seu sonho, serem jogadoras de futebol e prosperarem com isso. E ali são menos de 20 atletas. No Brasil inteiro, são milhares que tem o mesmo perfil.

E se o Brasil aparecer no quadro de medalhas com uma de ouro no futebol ? Não, minha gente, não será o Kaká (que ganha milhões de dólares por ano) que estará com a braçadeira de capitão, e sim alguma atleta que quando chegar ao Brasil não vai ganhar nem um salário mínimo para jogar no seu clube, se ganhar !!!

E qual é o risco de se ganhar uma medalha olímpica, principalmente se for a de ouro ? É de acharem que está tudo bem, que o Brasil realiza um grande trabalho de desenvolvimento no Futebol Feminino, que existe uma política séria (ora bolas, nem existe política, quanto mais séria) para esta modalidade desportiva, e que as entidades responsáveis promovem um calendário exclusivo para que as meninas joguem futebol deste as categorias de base.

Não, isso não existe. Culpa de quem ? Ninguém sabe.

E se o Brasil vier com a medalha de ouro, acho até que vamos acabar vendo o Oswaldo de Oliveira, Tite, Mauro Galvão, etc ... comandando times femininos, com os jogos sendo transmitidos na televisão. Você, meu amigo treinador, já terá perdido o seu emprego não-remunerado de anos para os novos treinadores, que ganharão salários respeitáveis. Sabem por que o Futebol Feminino nos EUA é um sucesso ? Porque fizeram uma administração à parte do futebol masculino.

Sinceramente, também não acho que se pode culpar a CBF, pois o papel dela é de promover a Seleção Brasileira, e isto a Confederação já faz.

As federações, em sua maioria, não realizam campeonatos estaduais. Porém, os clubes cobram isso ? Os clubes tem times de Futebol Feminino ? Não. O que se tem, em maioria esmagadora, são equipes não-profissionais, lideradas por treinadores abnegados que revelam, a cada ano, milhares de novas atletas, como por exemplo as atletas que hoje fazem parte da Seleção Brasileira Sub-19.

Vocês sabiam que existe Seleção Brasileira Sub-19 ? Não acredito ! Ah, me desculpe, a imprensa (na sua maior parte) não cobre isso, prefere dizer que explodiu um carro em Bagdá, com requintes de mostrar as fotos, do que mostrar uma foto das meninas disputando um campeonato. Eu, sinceramente, prefiro ver meninas jogando futebol do que corpos mutilados de uma explosão de carro-bomba.

Na semana passada, fiquei chocado ao ver um jornal do Paraguai, com uma matéria do campeonato paraguaio de Futebol Feminino, com foto do jogo do Cerro Porteno. Se continuar assim, vamos perder a hegemonia na América do Sul em breve.

Ah, mas na época em que a Milena foi convocada não faltavam matérias nos jornais ... só não falavam sobre o futebol dela, que até é bom, mas ela tem o estigma de ser a ex-senhora Ronaldinho "Fenômeno". Meus amigos da imprensa, vamos dar mais valor aos nossos atletas amadores, não esperem somente estes ficarem famosos, a exemplo do Guga, que há um mês da primeira conquista de Roland Garros ia ao shopping sem ser reconhecido.

Logicamente, há alguns segmentos da imprensa até bem generosos, fazem matérias, abrem espaço, dão notas, divulgam, mas convenhamos, a abrangência poderia ser bem maior ....

Bem, em uma coisa já saímos na frente: nossas atletas já estão indo para o exterior, só na Seleção tem umas quatro que já atuam nos EUA, Suécia e Espanha !

Encerrando este texto enorme, digo o seguinte: vou torcer ardentemente pela Seleção Feminina. A única esperança do Futebol Feminino crescer no Brasil é voltar com uma medalha olímpica na mala, mesmo que seja de bronze, mas se já estiverem pelo menos na final, o coração sofre menos, né ?!

O esporte é um grande negócio, não é mais uma atividade amadora, promotora da saúde e do bem-estar físico, emocional e social. O esporte gera empregos, gera amizade, confraternização e paz - e como o mundo precisa disso ... E o futebol, bem nos somos o número-um, e não é somente no masculino, temos que ser no feminino também. Por isso, tem que haver uma conscientização nacional.

Se ganharem a medalha de ouro, vão surgir patrocinadores, campeonatos, matérias em todos os jornais, vamos ver até jogadoras da "seleção de ouro" disputando os "games" junto com as "Big-Brothers" !!! Talvez até o Comitê Olímpico se lembre de indicar uma delas para conduzir a tocha olímpica na próxima vez em que esta passar pelo Brasil.

Vocês, em todo o Brasil, vão poder dizer com orgulho: EU SOU UMA JOGADORA DE FUTEBOL !!!

Um adendo: no filme "Missão Impossível", a missão não era tão impossível.

Alexandre Mathias Coordenador do Team Chicago Soccer Club e da BRUSA International Soccer Institute no Brasil http://www.teamchicagobrasil.cjb.net fut@globo.com

 
7014
Loading. Please wait...

Fotos popular