Pravda.ru

Notícias » Brasil


Bono - adepto do programa Fome Zero

21.02.2006 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O cantor Bono vai doar sua guitarra ao programa Fome Zero no encerramento da última apresentação da banda U2 em São Paulo, amanhã (21). A promessa foi feita nesse domingo (19) ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante almoço na Granja do Torto.

Em entrevista exclusiva à Radiobrás, Bono disse que acredita na viabilidade do Fome Zero. "É um programa possível. Para ter um programa desses, é preciso organização, tem que ter estratégia. Também não pode ser visto como algo só da esquerda. Para acabar com a fome, todos os atores têm que participar", afirmou.

Sobre a conversa com Lula, Bono disse que foi "um grande encontro, com um almoço maravilhoso". Ele afirmou que "o Século 21 é o século da América Latina, e o Brasil é a primeira liderança da América Latina". Ele disse também que o presidente Lula surgiu no mundo como uma grande novidade.

No almoço, foram servidas comidas tipicamente brasileiras: carne e peixe assados como prato principal e frutas tropicais e pudim de tapioca na sobremesa. Para beber, diversos tipos de refrigerante.

Combate à pobreza O cantor Bono afirmou ao chegar à residência oficial da Granja do Torto, neste domingo, que em toda a sua vida sonheu conhecer Brasília.

Cercado por fãs, Bono acrescentou: "É um sonho estar aqui, porque Lula luta não só contra a pobreza, mas também contra a pobreza no mundo, como na África. Estou muito animado com isso".

Será o segundo encontro entre o presidente e o cantor, que se conheceram no Fórum Econômico Mundial realizado na cidade de Davos, na Suíça, no ano passado.

Turismo modernista Após o encontro, que durou aproximadamente duas horas, Bono foi ciceroneado pelo ministro da Cultura, Gilberto Gil, em um passeio turístico por Brasília.

O cantor disse que, desde criança, via fotografias da capital brasileira e ficava impressionado. "Sou admirador de Oscar Niemeyer. A realidade é muito mais impressionante do que as fotos", disse.

O ministro Gilberto Gil informou que passou com Bono pelo Plano Piloto, com suas asas Norte e Sul, pela Torre de Televisão e pela Esplanada dos Ministérios. Católico, Bono ficou especialmente encantado com a Catedral.

Em nenhum dos locais eles pararam. Para despistar os fãs que seguiam o carro, a comitiva desviou o caminho rumo à Base Aérea, descendo por uma rampa do Palácio do Itamaraty.

Gil contou ainda que Bono gostou do projeto de Biodiesel e, segundo o ministro, ele levou dois empresários americanos interessados em investir no programa do governo.

Fórum de Davos Eleito a pessoa do ano pela revista americana Time, em 2005, Bono é reconhecido também pelas mensagens contra as injustiças sociais. O combate à pobreza deve ser assunto entre Bono e o presidente.

Segundo a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto, foi o cantor quem manifestou o desejo de se encontrar com o presidente, e Lula agendou o almoço.

Não é a primeira vez que os dois se encontram. No ano passado, Lula e Bono conversaram sobre a inclusão social durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, que reúne governantes e líderes empresariais dos países mais ricos do mundo. Na época, Bono disse que Lula é "um grande homem, que mudou a agenda de Davos".

O cantor, como Lula, defende que países industrializados compartilhem a sua riqueza com os mais pobres. Bono, de 45 anos, lidera a campanha Drop the debt (Derrube a dívida), pelo perdão da dívida dos países pobres, especialmente os africanos.

PT

 
3657
Loading. Please wait...

Fotos popular