Pravda.ru

Notícias » Brasil


Ações de educação alimentar reforçam o Programa Fome Zero

20.10.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Na véspera do Dia Mundial da Alimentação, comemorado no dia 16 de outubro, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) apresentou o resultado de duas ações de Educação Alimentar e Nutricional do Programa Fome Zero: a entrega de 10 novas unidades móveis do projeto Cozinha Brasil - Alimentação Inteligente, em convênio com o SESI, e o lançamento de 54 milhões de cartilhas de Educação Alimentar e Nutricional pelo projeto Criança Saudável - Educação Dez. As ações integram as comemorações da Semana Nacional da Alimentação, promovidas pelo MDS.

O projeto Cozinha Brasil - Alimentação Inteligente, desenvolvido em parceria com o Conselho Nacional do Serviço Social da Indústria (Sesi), consiste na oferta de cursos em caminhões equipados com cozinhas pedagógicas, com capacidade para 30 alunos. Nas cozinhas móveis, os alunos vão aprender formas saudáveis de preparo e consumo dos alimentos, receitas de baixo custo e alto valor nutritivo, além de dicas para o aproveitamento integral dos alimentos, combatendo o desperdício. Os dez caminhões entregues servirão de instrumento para ações de educação alimentar no Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Acre, Paraíba, Goiás, Sergipe, Tocantins e Pará. Entre julho e agosto deste ano, quando o programa foi lançado, foram entregues outros cinco unidades para os Estados do Espírito Santo, Minas Gerais, Pernambuco, São Paulo e Piauí. A meta final do projeto é implementar 40 unidades móveis em todo o país.

Os cursos oferecidos nos caminhões têm duas modalidades: uma sobre educação alimentar, destinada à população; e outra para a capacitação de multiplicadores. São ações educativas relacionadas à preparação e consumo de alimentos, que abordam questões de higiene, nutrição, saúde, alimentos regionais e combate ao desperdício. Até 2006, o programa irá ensinar 100 mil pessoas a produzir alimentos inteligentes e formar 5 mil agentes multiplicadores.

O programa Criança Saudável - Educação Dez, desenvolvido pelo MDS, com apoio técnico do Ministério da Saúde e logístico do Ministério da Educação, faz parte das ações de educação alimentar e nutricional nas escolas públicas brasileiras. As cartilhas, com personagens do Sítio do Picapau Amarelo, foram editadas em três volumes, com informações sobre hábitos alimentares saudáveis, alimentos regionais, alimentação nas fases do ciclo da vida, vitaminas e minerais. O MDS destinou R$ 5,1 milhões para a produção de 54 milhões de cartilhas educativas, o necessário para atender a todas as crianças matriculadas no ensino fundamental da rede pública, além de 700 mil manuais para os professores - que vão direcionar a utilização do material junto às crianças.

O ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, disse que o Brasil está cumprindo a tarefa de combater a fome e a miséria. "Nós estamos, governo e sociedade, fazendo o nosso dever de casa e estamos determinados a erradicar a fome e a desnutrição no Brasil", afirma.

Embrapa - Um convênio firmado entre o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) irá permitir a geração e difusão de tecnologia para pequenos agricultores, para a agricultura familiar e para os assentados da reforma agrária. Também serão desenvolvidos programas educativos, a partir de repasses de recursos da ordem de R$ 7 milhões.

Secretaria de Comunicação de Governo e Gestão Estratégica da Presidência da República

 
3592
Loading. Please wait...

Fotos popular