Pravda.ru

Notícias » Brasil


Lula quer ser o intermediário entre Governo e Farc

20.09.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva ,vai sugerir nesta quinta-feira (19) ao seu colega da Venezuela, Hugo Chávez, que considere o Brasil como possível sede para um encontro com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), anunciou hoje o porta-voz presidencial, Marcelo Baumbach.

Baumbach revelou detalhes da reunião entre Lula, Chávez e o presidente equatoriano, Rafael Correa, nesta quinta-feira, em Manaus. Ele afirmou que o Brasil se oferecerá como sede para as negociações sobre a libertação de 45 reféns das Farc.

O porta-voz antecipou que o Governo brasileiro já ofereceu a possibilidade de um encontro entre as Farc e Chávez em território brasileiro.

"O presidente Lula apóia o esforço de mediação do presidente Chávez e confia nele Chávez como mediador", acrescentou.

Chávez, após uma recente reunião com o presidente colombiano, Álvaro Uribe, assumiu o papel de mediador entre o Governo da Colômbia e as Farc.

O líder máximo da guerrilha, Pedro Antonio Marín, conhecido pelos pseudônimos de Manuel Marulanda e Tirofijo, aceitaria um encontro com Chávez em território colombiano. Mas Uribe é contrário à idéia e exige que a reunião se realize no exterior.

O governante venezuelano se reunirá com o porta-voz das Farc, Raúl Reyes, no dia 8 de outubro, provavelmente em Caracas, segundo a senadora colombiana Piedad Córdoba.

Em Manaus, Lula, Chávez e Correa discutirão projetos de integração regional no setor energético, a criação do Banco do Sul e a adesão da Venezuela ao Mercosul, que enfrenta oposição no Congresso

 
1656
Loading. Please wait...

Fotos popular