Pravda.ru

Notícias » Brasil


Greve da educação no Rio Grande do Sul

20.03.2006 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Em pronunciamento feito na terça 14 da tribuna da Câmara, Luciana Genro cobrou do governador Rigoto que receba o Comando de Greve do CEPERS o mais breve possível. Os trabalhadores em educação do Estado do Rio Grande do Sul estão em greve desde o dia 1º de março. A bancada gaúcha, por sugestão de Luciana, deverá se reunir com o governador na próxima segunda feira para cobrar a abertura de negociações. Nesta semana os educadores intensificaram a mobilização,ocupando a assembléia legislativa e desta forma arrancaam uma audiência com o secretário da educação. Entretanto nenhuma proposta foi apresentada e a greve continua.

Luciana também cobrou do governo federal mais atenção e respeito à educação em nosso país. Lembrou que os professores e técnicos administrativos da rede federal da educação básica profissional estão fazendo uma paralisação nacional porque após terem encerrado, no ano passado, uma greve que durou mais de 100 dias, quando obtiveram alguns resultados financeiros muito tímidos para a categoria, muito distante da integralidade das suas reivindicações e das suas necessidades, fizeram um acordo com o Governo Federal, que deveria, segundo os termos deste acordo, começar a ser cumprido 30 dias após o final da greve. Hoje após mais de 80 dias de suspensão da greve e todos os prazos do termo de acordo expiraram, nenhum reajuste foi concedido e o cumprimento da carreira dos técnicos administrativos também não se iniciou.

"É preciso prestigiar a educação em âmbito estadual e federal não apenas no discurso, mas em investimentos maciços na educação. Para que a educação seja valorizada o primeiro passo é respeitar os educadores, que estão sendo desrespeitados tanto pelo Governo do PT, como pelo Governo do PMDB, no Rio Grande do Sul", destacou Luciana.

Luciana GENRO PSOL

 
1858
Loading. Please wait...

Fotos popular