Pravda.ru

Notícias » Brasil


Empresas portuguesas não quiseram financiar escola da Mangueira

20.02.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Empresas portuguesas não quiseram financiar escola da Mangueira

A escola da samba da Mangueira, que se inspirou na história da língua portuguesa para o desfile deste ano, pediu apoio а embaixada portuguesa no Brasil, no sentido de encontrar um patrocínio de 2,5 milhões de euros.

 Márcia Rosário, porta-voz da Mangueira, confirmou ao Correio da Manhã que foi pedido apoio financeiro a empresas e autoridades portuguesas, mas sem sucesso.

Paula Mascarenhas, assessora do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE), assegurou que foi dado todo o apoio institucional – mas que os valores envolvidos foram demasiado altos para convencer as empresas portuguesas.

 “Foi pedido apoio financeiro, mas ninguém deu nada. Nenhuma empresa portuguesa nos ajudou”, afirmou Márcia Rosário, sublinhando as declarações do presidente da Mangueira, Percival Pires, que lamentou o facto de “a escola que traz Lisboa para a Sapucaí” não ter recebido apoio.

 
De referir que, em Agosto de 2006, o primeiro-ministro José Sócrates fez questão de visitar a escola de samba da Mangueira durante a sua visita oficial ao Brasil.

A música que a escola vai entoar na Sapucaí tem o título "Minha pátria é minha língua, Mangueira meu grande amor. Meu samba vai ao Lácio e colhe a última flor". A letra diz o seguinte:

Vem no vira da Mangueira, vem sambar
Meu idioma tem o dom de transformar
Faz o palácio do samba uma casa portuguesa
É uma casa portuguesa com certeza

Quem sou eu?
Tenho a mais bela maneira de expressar
Sou Mangueira... uma poesia singular
Fui ao Lácio e nos meus versos canto à última flor
Que espalhou por vários continentes
Um manancial de amor
Caravelas ao mar partiram
Por destino encontraram o Brasil...
Nos trazendo a maior riqueza
A nossa língua portuguesa

Se misturou com o tupi tupinambrasileirou
Mais tarde o canto do negro ecoou
Assim a língua se modificou

Eu vou nos versos de Camões
Às folhas secas caídas de Mangueira
É chama eterna, dom da criação
Que fala ao pulsar do coração

Cantando eu vou
Do Oiapoque ao Chuí ouvir
A minha pátria é minha língua
Idolatrada obra-prima te faço imortal
Salve... poetas e compositores
Salve também os escritores
Que enriqueceram a tua história
Ó meu Brasil...
Dos filhos deste solo és mãe gentil
Hoje a herança portuguesa nos conduz
À estação da luz.

 Mais sobre Carnaval

 
2847
Loading. Please wait...

Fotos popular