Pravda.ru

Notícias » Brasil


SEMEADURA E COLHEITA

18.11.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Tivemos oportunidade, em artigos recentes, de oferecer algumas indicações positivas para grupos investidores internacionais, tendo em vista as imensas potencialidades existentes nas áreas de petróleo, gás, mármore e granito, terminais de apoio à industria petrolífera e, sobretudo, valorizando dois grandes projetos: a implantação de uma refinaria e a construção do chamado “ Gasoduto do Sol” no Espírito Santo.

Na esteira destes projetos o Espírito Santo já pode apontar interesses reais em duas áreas de investimento, reunindo de um lado investidores russos e, de outro, investidores japoneses.

Em termos do interesse de capitais e empresas russas chegamos a apontar manifestações concretas que nasceram de recente reunião da Presidência da Petrobrás com os dirigentes dos grupos ITERA e GAZ PROM, voltadas para um processo de associação e parceria com a nossa estatal, aceito o fato de que a Petrobrás acaba de apresentar ao Governo do Espírito Santo o plano estratégico do futuro “ Gasoduto do Sol”,empreendimento que está orçado em 1 bilhão de dólares. Também não se descarta a possibilidade de serem criadas outras opções de parceria e financiamento para a própria refinaria de petróleo. È de oportunidade registrar para os dois grandes projetos um total de 3,5 bilhões de dólares de investimento , em caráter associativo.

No caso do projeto do “ Gasoduto do Sol”, apenas para manter sua importância, diremos que ele deverá interligar as malhas de produção de gás do sudeste e do nordeste do país, efetivando a ligação de Cacimbas, em Linhares (ES) ao sul da Bahia e o segundo trecho de Vitória, capital do Estado a Cabiúnas, em Campos no Estado do Rio de Janeiro.

O Governo do Espírito Santo, vivamente empenhado em definir parceiros para os seus grandes projetos, tem participado dos entendimentos e reuniões com autoridades federais e grupos estrangeiros, destacando o potencial de suas atuais jazidas petrolíferas que, segundo o Secretário de Desenvolvimento Júlio Bueno, já representam 4 bilhões de barris, colocando o ES como a segunda reserva nacional.

E na esteira dos entendimentos preliminares e em face do manifesto interesse de grupos japoneses o Governado Paulo Hartung, acompanhado de vários Secretários e empresários , além dos presidentes da CVRD e da CST mantém no Japão contatos altamente produtivos em termos dos projetos da refinaria e de novos investimentos nas áreas de fruticultura, mármore e granito. metalmecânica e indústria pesqueira. Os primeiros reflexos desta visita ao Japão são promissores e já existe data marcada em abril de 2004 para uma visita de investidores japoneses ao Estado.

Grupos japoneses já têm volumosos negócios e participação na CVRD e na CST, o que justifica a atual fase de interesse em novos projetos, priorizando os excelentes aspectos logísticos do Estado e os inegáveis índices de custos que podem ser apontados como os melhores e mais econômicos do sistema portuário nacional, sustentados, ainda, por um excelente modal de transporte rodo-ferroviário.

As reuniões no Japão , presididas pelo Governador Paulo Hartung, foram realizadas com as empresas Nippon Steel Corporation, Toyota, Marubeni Corporation, Itochu Corporation, Mitsui & Co. , Mitsubishi Corporations, UCC (torrefadora e importadora de cafés finos do Estado) e em especial com a Diretoria do JBIC, Banco de Investimento Japonês e a JFE Stell Corporation, cujos dirigentes visitarão o Estado em 2004.

É de relevância destacar a visita feita ao National Research Institute of Aquaculture of Mie, que desenvolve experiências de sucesso no cultivo de peixes marinhos e mostra-se vivamente interessado em realizar um grande projeto no Estado.

Portanto, em face das ofertas viáveis que temos destacado nesta série de artigos para o PRAVDA-RU, no estuário de um site que reúne 2,4 milhões de acessos diários e, ainda, com a possibilidade de chegar em inglês e russo a um universo de grandes leitores internacionais, acreditamos que existem possibilidades imensas de parcerias e investimentos no Espírito Santo.

Seria para nós, jornalista e técnico, uma imensa honra poder ser a ponte de contato de possíveis interessados com as autoridades estaduais, as suas empresas e a sua estrutura de apoio e financiamento, sem dúvida, apenas neste estágio inicial de relacionamento, para facilitar futuros investimentos, promoções, eventos sócio-culturais e a integração verdadeira do Estado com aqueles que nele acreditarem .

J.C.Monjardim Cavalcanti (jcrepres@ebrnet.com.br)

 
4670
Loading. Please wait...

Fotos popular