Pravda.ru

Notícias » Brasil


Alca: quem vai sair na fotografia?

15.10.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O governo brasileiro há muito que assumiu: as divergências internas sobre as negociações da Alca existem, são claras, evidentes e são maiores do que a cara de mau que o Ministro José Dirceu tenta negar perante a opinião pública, como se o país fosse uma sala de aula e ele o professor de todos os alunos.

A Revista Veja desta semana, numa matéria lúcida e detalhada, deixa claro que o Brasil está conduzindo mal esse processo e o perigo de que o resultado final seja um desastre é claro e cristalino. No programa Bom dia Brasil, edição de hoje, o Ministro Celso Amorim, numa eloqüente crise de vaidade fez questão de frisar que o único responsável pela negociação sobre a Alça é ele. No mesmo programa, José Dirceu praticamente ironiza o bate-boca sobre o assunto e afirma que quem decide tudo é o Presidente Lula.

Resumo da ópera: todos os negociadores estão interessados em saber quem aparece mais na imprensa.O resultado da negociação, que de fato é o que interessa, não preocupa quase nada.

Alca - 2

É espantoso como o governo do PT dissimula seus erros, acumula gafes administrativas e busca na mídia enganar a opinião pública com frases de efeitos, ditas pelos seus paladinos da moralidade. É estranho que justamente nesse governo três entidades, tidas e havidas como de grande credibilidade junto a opinião pública, estejam hoje no noticiário nacional com notas negativas. O Banco do Brasil em greve, a Receita Federal sendo investigada e a Polícia Federal tendo que bater à porta do vizinho para pedir açúcar emprestado. E já se passaram nove meses de governo. Não dá mais para jogar nas costas do governo passado tanta demonstração de incompetência.

Nobel de marketing

Como se não fosse com ele, o governo faz de conta que nem tomou conhecimento da premiação do Premio Nobel da Paz, entregue a uma iraniana. O marketing exagerado, na tentativa de transformar Lula num real candidato ao Prêmio Nobel, acabou por deixar o Presidente constrangido. Justo ele, que tem na sua carreira política êxitos obtidos sem nunca precisar de marketing. Deu no que deu.

Gabeira, injustiçado e solitário

Quando o então ministro José Dirceu e o atual deputado Fernando Gabeira ainda eram garotos, e ambos amavam os Beatles e os Rolling Stones e a política da época levou os dois a participar de movimentos contra a ditadura, com certeza a relação era outra. Havia até um certo ingrediente de romantismo de época. Quem viu e ouviu José Dirceu simplesmente ignorar a presença de Gabeira em seu Gabinete na semana passada, e deixa-lo esperando por mais de uma hora pode medir a dimensão de como as coisas são tratadas quando se chega ao poder. Conforme adiantamos aqui inúmeras vezes, o interesse do PT em manter Gabeira em seus quadros era pura demagogia. E continua sendo.

Gabeira, a exemplo de outros petistas que falam o que querem, atrapalham, e serão banidos.E o meio vai mal, e o ambiente também.

Índios perdem espaço em reservas no Pará

O ministro da Justiça, Thomas Bastos, assinou portaria reduzindo em 317 mil hectares uma área indígena no Sul do Pará. A medida tem tudo para gerar mais um atrito que o governo terá que administrar. O Conselho Indigenista Missionário divulgou nota condenando a medida, alegando que essa decisão é equivocada e arriscada, e o risco de se gerar com isso mais um problema em larga escala é evidente. A FUNAI afirma que os índios concordam, os indigenistas afirmam que não.

Petroleiros querem entrar em greve

Um milhão e meio de petroleiros, metalúrgicos e químicos ameaçam entrar em greve na semana que vem. Eles aguardam a decisão das empresas, e depois de ouvirem do Presidente Lula que acabou a fase das vacas magras esperam conseguir aumento. O Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal estão, também, esperando ver as tais vacas gordas.

Paulistano reprova Marta Suplicy

Os moradores de São Paulo deram nota 4,7 para a prefeita Marta Suplicy, do PT, em pesquisa feita pelo instituto Ipsos-Opinion e divulgada no domingo pela Folha de S. Paulo. Muita coisa desagrada o paulistano no comportamento da prefeita, mas o principal ponto negativo é ter criado novas taxas, especialmente a do lixo. Não é à toa que a prefeita ganhou o apelido de Martaxa.

Alckmin recebe a melhor nota

Agora, veja a diferença: o governador Geraldo Alckmin ganhou nota 6,8 na mesma pesquisa - superior à do presidente Lula, apesar de todo o esforço de marketing e propaganda do Planalto. Para a maioria dos entrevistados, Alckmin mostra equilíbrio entre falar e fazer. Já a prefeita Marta é vista como uma falastrona ineficiente: para 61%, ela fala mais do que faz.

PSDB

 
4818
Loading. Please wait...

Fotos popular