Pravda.ru

Notícias » Brasil


Lula: Queremos dinamizar a economia do país

15.07.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

“Nós não nos contentamos com um simples crescimento. Porque nós não queremos crescer um ano e decrescer no ano seguinte. Nós queremos um crescimento sustentável. Nós queremos crescer este ano, no próximo ano e no outro ano. E que nós tenhamos no Brasil um ciclo de crescimento que possa dinamizar a economia”, destacou.

Durante o discurso de inauguração da Estação de Tratamento de Esgoto de Piçarrão, em Campinas (SP), Lula informou também que de janeiro a junho deste ano foram criados 830 mil empregos de carteira assinada no país. O maior número de geração de empregos desde 1992.

“Isso é bom para mim. Isso é bom para vocês, mas tem gente que não gosta. Tem gente que odeia que essas coisas estejam acontecendo porque tem gente que torcia que na hora que nós ganhássemos as eleições o Brasil ia acabar. E o Brasil nunca foi tão respeitado como é respeitado hoje”.

O presidente visitou em Campinas, interior de São Paulo, a fábrica da Samsung. Acompanhado do presidente da empresas na América Latina, Jong Won Tark, Lula conheceu a nova linha de produção de celulares da fábrica, que espera produzir 3,5 milhões de celulares no ano que vem.

Lula foi acompanhado pelos ministros das Cidades, Olívio Dutra, do Trabalho, Ricardo Berzoini, do Meio Ambiente, Marina Silva, e do presidente da Câmara dos Deputados, João Paulo Cunha.

Saneamento

Lula disse que o governo vai destinar pouco mais de R$ 4,5 bilhões para a realização de obras de saneamento básico até o final do ano. Em discurso durante a inauguração da Estação de Tratamento de Esgoto Piçarrão, Lula destacou que os investimentos em obras de redes de água e esgoto feitos nesses 18 meses de governo representam 14 vezes mais do que foi aplicado entre 1999 e 2002.

“Nós investimos em saneamento básico sabendo que indiretamente estamos investindo em saúde. Para cada real que a gente investir em saneamento básico, a gente vai economizar R$ 4 em investimento na área da saúde”, ressaltou.

Lula afirmou que a obra contou com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) liberados no ano passado. “Estamos esperando seis meses para vir inaugurar o resultado do primeiro acordo feito entre prefeituras, Ministério das Cidades, governo federal e Caixa Econômica Federal”. Foram gastos na construção da estação R$ 53 milhões, sendo R$ 23 milhões liberados pelo governo federal, através da Caixa Econômica Federal.

A inauguração da estação faz parte das comemorações dos 230 anos de Campinas. A estação vai beneficiar 200 mil habitantes de cerca de 30 bairros da cidade. Além disso, deixarão de ser despejados no córrego 556 litros de esgoto (in-natura) por segundo, elevando em mais de 23% o índice de tratamento de esgoto na cidade.

PT

 
2985
Loading. Please wait...

Fotos popular