Pravda.ru

Notícias » Brasil


Assassino da menina na igreja em Joinville colocado na cela separada

15.03.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Assassino da menina na igreja em Joinville colocado na cela separada

Na segunda-feira (12), a polícia prendeu um pedreiro de 22 anos em Canoinhas (SC) suspeito de ter de ter violentado, estrangulado e assassinado Gabrielli Cristina Eichholz, de 1 ano e meio, em uma igreja em Joinville (SC).

 Ele participou da reconstituição do crime e teria confessado que violentou e estrangulou a menina dentro da igreja . Foi levado para o Presídio Regional de Joinville, segundo reportagem do "Diário Catarinense".

 A direção da unidade o colocou em uma cela separada dos demais presos, para garantir sua integridade física. Segundo o delegado Rodrigo Bueno Gusso, da Divisão de Homicídios, mesmo com a prisão do pedreiro, alguns detalhes sobre o dia do crime ainda precisam ser confirmados. Por isso, a polícia vai ouvir outros depoimentos.

Gusso diz que o inquérito policial deve ser concluído em dez dias e encaminhado ao Ministério Público.

Gabrielli tinha ido a um culto da Igreja Adventista do Sétimo Dia com parentes, foi deixada em uma sala para brincar com outras crianças e desapareceu. Depois, a menina foi encontrada no tanque batismal do templo. O crime aconteceu no dia 3.

 
1340
Loading. Please wait...

Fotos popular