Pravda.ru

Notícias » Brasil


Lula quer avanços do Mercosul em curto prazo

13.06.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Após um encontro que durou cerca de quatro horas, os presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e da Argentina, Néstor Kirchner, declararam, em Brasília, que vão se esforçar para viabilizar, em curto prazo, a criação do Instituto Monetário, do Instituto Social e do Parlamento do Mercosul, como forma de aperfeiçoar e fortalecer o acordo entre os países do Mercosul.

"Muitos descrentes haverão de reconhecer que o Mercosul será um grande centro de integração e a voz da América do Sul diante do mundo", disse Lula, ao destacar o grande interesse do novo presidente argentino no estreitamento de relações com o Brasil.

Os presidentes afirmaram que pretendem se manter em consulta permanente para assegurar uma participação mais intensa na elaboração do processo de integração bilateral. "O processo de integração política é tão importante quanto o de integração econômica", disse Kirchner.

Segundo Lula, os presidentes resolveram determinar a seus ministros que promovam parcerias também nas áreas de educação, cultura, ciência e tecnologia dos dois países. Os ministros da Fazenda também serão chamados a encontrar formas de avançar na união aduaneira dos dois países.

"Esta é a mais extraordinária possibilidade de tornar essa integração efetiva e real", concluiu Lula. Ele ressaltou que este foi o terceiro encontro com Kirchner em um mês. "E vamos nos encontrar com muita frequência daqui em diante", afirmou. Kirchner escolheu o Brasil como primeiro país a visitar após sua posse como retribuição a Lula, que também foi à Argentina em sua primeira viagem internacional depois que se tornou presidente.

www.pt.org.br

 
1707
Loading. Please wait...

Fotos popular