Pravda.ru

Notícias » Brasil


Luciana Genro: Construção de uma alternativa

09.05.2005 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O belo auditório da Faculdade de Direito da UFRGS foi o cenário do Seminário “Uma alternativa de esquerda ao governo Lula”, que reuniu no sábado 30 de abril cerca de 350 militantes do P-SOL de Porto Alegre.

Tive a alegria de ser anfitriã da nossa Senadora Heloísa Helena, do deputado Babá e do Senador Geraldo Mesquita, do Acre, recém ingresso no partido. Ele, que veio a Porto Alegre pela primeira vez, cativou a militância com sua simplicidade e entusiasmo.

A mesa de abertura do Seminário também contou com a presença do companheiro Pedro Ruas, advogado trabalhista, que em 2002 foi deposto da presidência do PDT/RS por recusar-se a apoiar Germano Rigotto ( PMDB) para o governo estadual. Ruas representa o trabalhismo de esquerda - cuja simpatia por nós expressou-se na calorosa recepção que eu e Heloísa Helena tivemos no velório de Brizola - e hoje lutamos juntos contra a reforma sindical e trabalhista do governo Lula. Também tivemos a presença de uma delegação do PCB, representada na mesa pelo companheiro Eduardo Serra, dirigente nacional do partido. O PCB em seu último congresso decidiu pela ruptura com o governo Lula, e está disposto a somar forças conosco na construção de uma alternativa de esquerda para o Brasil. Por fim, coordenou comigo o Seminário a companheira Neida Oliveira, dirigente do P-SOL e candidata a presidente do CPERS/ Sindicato, um dos mais importantes sindicatos de trabalhadores em educação do país.

Após a abertura tivemos dois painéis de debate: “Ruptura Democrática” com Roberto Robaina e Martiniano Cavalcanti, ambos da executiva nacional do partido e “Ruptura Anti Imperialista” quando eu e Babá partilhamos a mesa com o economista e dirigente do P-SOL João Machado. A degravação de todo o debate está sendo providenciada e estará disponível para todos, assim como um vídeo com os melhores momentos do evento.

O mais importante é que demos o ponta pé inicial nesta discussão fundamental sobre uma saída para o país, fazendo a afirmação categórica de que o caminho trilhado por Lula e o PT não é uma imposição da conjuntura nacional ou internacional, mas uma escolha. Uma escolha covarde por aliar-se às elites econômicas e velhas oligarquias, favorecendo os interesses dos “de cima” e atacando os direitos dos “de baixo”, as conquistas históricas da classe trabalhadora. Claro que é mais fácil governar assim, tendo ao seu lado o capital financeiro, o FMI, recebendo as mesuras da Sra Condolezza e os elogios de Bush.

Fácil governar e fácil trair aqueles que confiaram na mudança. Mas a Venezuela mostra que não só é melhor morrer lutando do que viver ajoelhado mas que também é possível viver lutando, e vencer. Para este debate, que precisa ser travado com muita intensidade nas eleições de 2006, estamos nos preparando. Armando um programa para o país que demonstre aos milhões que votaram em Lula para mudar - muitos já desiludidos ou indignados – que existe outra alternativa viável, que passa pela organização e mobilização do povo e também pela construção de um pólo de esquerda que reúna todos os que não se renderam e seguem firmes na luta. O P-SOL tem um papel fundamental neste debate e na construção desta alternativa. Porto Alegre orgulha-se de ter sido o palco de mais um passo desta caminhada. Luciana Genro

 
3418
Loading. Please wait...

Fotos popular