Pravda.ru

Notícias » Brasil


O aluguel da floresta amazônica

09.02.2006 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O Senado aprovou, na quarta-feira 01/02, o chamado Projeto de Lei de Gestão de Florestas Públicas, que nada mais é do que a privatização da Amazônia. Ele cede 47% (235 milhões de hectares) de todas as terras da Amazônia para exploração de empresas estrangeiras por 40 anos, renováveis por mais 40.

A senadora Heloísa Helena votou contra o Projeto, e, no seu discurso durante a sessão, expôs argumentos que embasaram sua decisão: "trata-se da gestão privada da floresta pública, cujo gestor privado terá apenas ganhos.

Como não terá sequer despesa da compra da terra, ele simplesmente passará a administrar o rendimento da exploração da terra. E quem sabe o que vai acontecer daqui a dez, vinte, trinta, quarenta, oitenta anos? A legislação é alterada, e se entrega a terra vazia. A terra vazia é o que pode ser simplesmente entregue para as futuras gerações.

O debate, neste caso, está diretamente relacionado à concepção do brasileiro, à concepção de gestão pública ou de gestão privada de terras públicas, à flexibilização da legislação, o que pode, de fato, acontecer em relação à nossa querida Amazônia".

O ambientalista do PSOL/DF, Múcio Nobre, exibiu, da galeria do plenário, uma faixa em que estava escrito: "Não à privatização das florestas" e protestou dizendo que o projeto era uma verdadeira exploração criminosa das nossas florestas. Ele foi retirado à força da galeria pelos seguranças da Casa.

PSOL

 
1496
Loading. Please wait...

Fotos popular