Pravda.ru

Notícias » Brasil


Marcha Mundial das Mulheres divulga ações para 2005

08.11.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

A construção do documento é um processo que envolve grupos de mulheres de todo o mundo com o objetivo de construir uma visão política comum. O processo de elaboração e divulgação da Carta deve centralizar as ações para todo o ano de 2005.

A Marcha é uma articulação internacional para a ação feminista, que agrega quase 6 mil grupos de mulheres em 163 países e territórios ao redor do planeta e tem como foco principal a luta contra a pobreza e a violência machista. Foi criada como uma ferramenta para fortalecer e manter um vasto movimento de solidariedade dos grupos de mulheres de base, como um gesto de afirmação das mulheres do mundo.

Trajetória O conteúdo da Carta será aprovado no 5º Encontro Internacional da Marcha Mundial das Mulheres, que acontecerá de 5 a 12 de dezembro em Kigali, Ruanda, na região dos Grandes Lagos africanos. Será uma homenagem às mulheres desta região que lutam para construir a paz e o entendimento em uma área marcada pelo genocídio. A Carta sairá de São Paulo e terminará sua viagem no dia 17 de outubro de 2005 em Ouagadougou, Burkina Faso, um dos países mais pobres do mundo. Entre São Paulo e Ouagadougou a viagem do documento terá paradas em mais de 50 países, em grandes cidades, nas áreas rurais, em regiões de fronteiras. Estas manifestaçães já estão sendo organizadas pelas coordenações nacionais ou grupos de referência da Marcha Mundial das Mulheres. O revezamento da Carta é uma prova da capacidade de articulação e de organização da Marcha ao redor do mundo.

Nas Américas, a Carta terá pontos de parada no Brasil, na região de fronteira entre Brasil, Argentina e Uruguai, na Argentina, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Trinidad Tobago, Haiti, Cuba, Honduras, El Salvador, México, Estados Unidos, Canadá e Quebec.

Solidariedade Durante a passagem do documento, cada país ou território ilustrará o mundo que quer construir em um quadrado de tecido, que será acrescentado a uma colcha de retalhos. Na Colcha da Solidariedade, confeccionada ao longo do trajeto mundial, vai ficar gravada, em imagens, a Carta Mundial das Mulheres para a Humanidade em toda sua diversidade.

No dia 17 de outubro de 2005, haverá um chamado à ação para todos os grupos de mulheres que fazem parte da Marcha ou querem se juntar a ela. Estas ações podem acontecer nos bairros, nas comunidades ou serem coordenadas nacionalmente. Elas devem acontecer pelo menos do meio dia às 13 horas.

Além da participação nas ações mundiais mencionadas, cada país tem autonomia para organizar suas iniciativas de acordo com suas aspirações, desde que baseadas nos objetivos e valores da Marcha Mundial das Mulheres.

As ações divulgadas no Brasil para o próximo ano são:

 Celebração do lançamento da Carta no dia 8 de março de 2005;  Organização de uma marcha de relevo/revezamento nacional e atividades de educação popular para tornar pública a Carta;  Organização de uma hora de solidariedade feminista no dia 17 de outubro de 2005, do meio-dia às 13 horas;  Confecção de uma Colcha Nacional.  Para se integrar às atividades, basta procurar o site da Sempreviva Organização Feminista (SOF) (www.sof.org.br/marchamulheres). A home page divulgará as ações nacionais assim como as dos Estados e seus respectivos contatos.

Sempreviva Organização Feminista

 
3440
Loading. Please wait...

Fotos popular