Pravda.ru

Notícias » Brasil


Genoino defende revogação de benefícios fiscais

07.10.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Para o dirigente petista, o país não aguenta o que considera uma "farra fiscal". Em entrevista exclusiva ao Portal do PT, Genoíno também afirma que й a favor de um enxugamento da mбquina do governo federal e sugere a pratica de prefeituras e governos estaduais petistas, de unificar ações entre ministérios com programas matriciais. Veja abaixo a нíntegra da entrevista.

É possível revogar o último round da guerra fiscal entre os estados, ocorrido no final de setembro?

José Genoino -- Tem de barrar isso. É uma evidente farra fiscal que o país não aguenta. O Brasil tem de ter um sistema equilibrado, que respeite os estados e as regiões. Essa guerra fiscal não condiz com um Brasil solidário.

Dá para reduzir a estrutura do governo? É possível simplificar a máquina?

José Genoíno -- Sim, principalmente se o governo intensificar as ações integradas com um programa horizontal de governo, um governo matricial. Nas prefeituras e em governos onde estamos há mais tempo, como no Mato Grosso do Sul e no Acre, essa experiência de integrar as secretarias por meio de programas é positiva e representa um avanço

O Brasil é ingovernável com a atual Constituição?

José Genoíno -- Tem que se conscientizar que isso é um equívoco de avaliação. Nenhuma Constituição faz o Brasil ingovernável, como também não é tábua de salvação. Há um exagero quando se culpa a atual Constituição, que tem um núcleo positivo, que representa um avanço que deve ser mantido. No processo, essa Constituição vai sendo emendada. É um processo de decantação. Essa tese de Constituinte exclusiva está fora de época..

A morte do presidente do PTB, José Carlos Martinez, foi uma perda para o PT?

José Genoíno -- Foi uma perda. Martinez era muito experiente como parlamentar. Como presidente do PTB, ele organizou bem o partido e foi importante para que o PTB integrasse a base de apoio ao governo. Acredito que, com sua morte, não há risco de continuidade. O PTB é governo.

A Folha de S. Paulo divulga hoje matéria sobre uma eventual ligação das concessões de rádios comunitárias а adesão ao Programa Fome Zero. Isso é correto?

José Genoíno -- Isso não tem fundamento. As rádios comunitárias têm de servir а comunidade. Se a comunidade adere ao Programa fome Zero, é natural que utilize instrumentos como as rádios comunitárias para viabilizar as ações. Mas uma coisa não está ligada а outra. Essa matéria da Folha não tem fundamento. Eles ouviram o galo cantar, e não sabem onde.

José Genoíno

 
2641
Loading. Please wait...

Fotos popular