Pravda.ru

Notícias » Brasil


Revoltam indígenas de Raposa Serra do Sol no Estado de Roirama

07.05.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O Governo Federal do Brasil enviou esta terça-feira (06) os reforços policiais à terra indígena Raposa Serra do Sol no Estado de Roirama , que tem fronteira com a Venezuela, depois de os pistoleiros a mando de fazendeiros e empresários de arroz atacarem a tiros 10 indígenas, moradores da reservação.

A Polícia Federal prendeu ontem à tarde o prefeito de Pacaraima, Paulo César Quartiero, por tentativa de homicídio, formação de quadrilha e porte de artefato explosivo. Líder dos arrozeiros que lutam contra a demarcação da terra indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima, Quartiero é acusado de participação no atentado a bala ocorrido na véspera, que deixou dez índios feridos na Fazenda Depósito, de sua propriedade, localizada dentro da área da reserva indígena, segundo  O Estado de São Paulo.

 O governador de Roraima, José Anchieta Júnior (PSDB), também está em Brasília. Ele classificou na segunda de ato "terrorista" a construção de tendas, por parte dos índios, na área da fazenda Depósito. "A ação de ontem foi uma ação terrorista e o terrorismo é difícil você conter", afirmou.

Ao ser questionado por jornalistas se terrorista não seria um termo forte, o governador preferiu dizer que o ideal seria classificar como um ato de "insanidade". "Ações insanas e incoerentes são responsáveis pelo confronto na reserva”, disse.

 O índio macuxi Dionito Souza, coordenador do Conselho Indígena de Roraima (CIR), está nesta terça em Brasília para se reunir com ministros do Supremo. Ele disse que é preciso aumentar a segurança na reserva.

"Lá só tem bandido, pistoleiro. Se não aumentar a segurança, vai haver mais feridos", afirmou por telefone.

 
1764
Loading. Please wait...

Fotos popular