Pravda.ru

Notícias » Brasil


Nova tecnologia vai melhorar combate ao crime

05.08.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O Sistema Automatizado de Identificação de Impressões Digitais (Afis) coleta impressões digitais de modo automatizado, integrando informações de todo o território brasileiro.

"Um programa federativo, em que as informações de identificação de criminosos são compartilhadas nacionalmente, é um grande passo para o enfrentamento da criminalidade, principalmente a organizada", analisa o deputado federal Maurício Rands (PT-PE), membro da Comissão Permanente de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados.

De acordo com o parlamentar, a concepção da segurança pública do Estado brasileiro é ainda segmentada, já que as Secretarias de Segurança estaduais é que possuem a competência do combate a criminalidade. "Há casos em que o crime é cometido em um Estado, mas a perseguição acontece em outro", observou.

O novo sistema será implantado nas superintendências da Polícia Federal. Em todos os Estados e no Distrito Federal, um computador estará conectado ao banco de dados que coleta as digitais e receberá as informações. O núcleo armazenamento de dados ficará no Instituto Nacional de Identificação, em Brasília.

Para o deputado federal Antonio Carlos Silva Biscaia (PT-RJ), que esteve presente no ato de lançamento do Afis em Brasília, a implantação progressiva da informatização deve agilizar o processo de arquivamento e acesso das digitais, hoje burocratizado. "As digitais, essenciais para identificação em qualquer ação criminosa, são guardadas em pastas pela polícia. Todo trabalho manual de arquivamento, que dificultava a identificação, deve desaparecer progressivamente."

A Polícia Federal de São Paulo será a primeira a ser conectada à Brasília. Segundo Biscaia, até o fim do ano as superintendências em todos os Estados devem fazer parte do sistema. Até o final de 2005, o sistema deverá integrar, também, as polícias estaduais. Segundo Biscaia, o Programa de Segurança Pública do governo Lula assumiu o compromisso de valorizar a implantação de uma polícia investigativa e inteligente. "O compromisso do presidente Lula com segurança pública está se tornando realidade. O programa do governo assinala a importância dos órgãos periciais e o lançamento de hoje indica as ações governamentais nessa direção", disse o deputado.

Com a implantação progressiva do sistema, o deputado explica que o serviço poderá ser ampliado. "À medida que o programa se desenvolver, é possível que se instale aparelhagem em locais públicos, como em um estádio de futebol. Com isso, será possível deter uma mesma pessoa que utiliza nomes diferentes."

Segundo Biscaia, o modelo lançado hoje utiliza o mesmo paradigma implantado na França, Estados Unidos e Canadá. "É um sistema utilizado em países desenvolvidos". Representantes diplomáticos dessas nacionalidades estiveram presentes no ato hoje em Brasília, que contou com o presidente Lula e ministros.

Ainda no sentido de incentivar os órgãos de perícia técnica, Biscaia anuncia que até o final do ano o governo deve inaugurar, em Brasília, o mais moderno centro de perícias da América Latina da Polícia Federal. Segundo ele, a obra está praticamente concluída.

PT

 
3341
Loading. Please wait...

Fotos popular