Pravda.ru

Notícias » Brasil


Cimeira UE-Brasil ganha uma pequena manchete

05.07.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Cimeira UE-Brasil ganha uma pequena manchete

Na quarta-feira, decorreu a primeira cimeira UE-Brasil, em Lisboa, uma parceria estratégica entre as duas partes, mereceu pouco destaque na edição de hoje dos jornais brasileiros.

O jornal A Folha de São Paulo preferiu fazer manchete com a polémica criada pelo Presidente venezuelano, Hugo Chávez, após ter dado um «ultimato» aos Congressos do Brasil e do Paraguai para que aprovem a entrada da Venezuela no Mercosul até Setembro.

A cimeira União Europeia-Brasil ganhou uma pequena manchete na capa do caderno de Economia da Folha: «Em encontro com UE, Lula entrega acordo de Doha a Deus».

A notícia diz que o recente fracasso das negociações de Doha em Potsdam parece ter abalado o «inoxidável optimismo» de Lula da Silva, que afirmou em Lisboa: «Que Deus nos ajude a fazer um acordo».

«Brasil e UE vão insistir na volta da Ronda de Doha» é o destaque de uma das páginas internas do jornal O Estado de São Paulo, ao lado de uma fotografia dos líderes políticos, em Lisboa.

«Essa foi uma das principais decisões da cimeira quarta-feira, na qual o Brasil foi convidado a formar uma aliança estratégica com a Europa», referiu o diário.

O primeiro-ministro de Portugal, José Sócrates, destacou ainda, durante a cimeira, a importância do fortalecimento do multilateralismo e do combate aos efeitos do aquecimento global, salientou o jornal.

Já na edição do jornal Valor Económico, o tema ganhou a primeira página com a manchete «UE adverte que, sem Doha, Brasil enfrentará mais barreiras comerciais».

O diário económico destacou que a UE reconheceu como «legítimas» as exigências do Brasil para a redução dos subsídios agrícolas nos países industrializados, uma das barreiras para o aumento das exportações brasileiras.

A UE, por seu turno, exige que o Brasil reduza as suas tarifas de importação para produtos industrializados, o que abriria o seu mercado para empresas europeias, lembrou o jornal.

O Correio Braziliense referiu, numa das suas páginas internas, que a cimeira de Lisboa foi dominada por assuntos comerciais, sendo Doha o tema central.

Com o título «Optimismo contido», a notícia refere que o comunicado final da cimeira reafirma «o empenho das duas partes» em retomar as negociações.

O diário fez ainda uma pequena referência ao protesto de 50 imigrantes em frente ao Pavilhão Atlântico, onde ocorreu a cimeira.

Os manifestantes pediram a legalização de 40 mil brasileiros que vivem hoje em situação irregular em Portugal.

O Correio citou ainda dados da Casa do Brasil a indicar que cerca de 400 mil brasileiros vivem na Europa, dos quais 120 mil em Portugal.

Fonte Diário Digital / Lusa

 
2879
Loading. Please wait...

Fotos popular