Pravda.ru

Notícias » Brasil


Lula faz pedido para que Chile integre o Mercosul

03.12.2002 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva reuniu-se hoje por cerca de uma hora com o presidente do Chile, Ricardo Lagos, no Palácio de la Moneda, em Santiago, e reforçou o desejo de uma maior aproximação e do estreitamento dos laços econômicos e políticos entre os dois países, informa em seu site o jornal chileno El Mercurio.

No encontro, foram discutidos o fortalecimento do comércio bilateral entre Brasil e Chile, uma maior integração do Chile ao Mercosul e as políticas sociais que os dois países pretendem desenvolver.

Depois de destacar a trajetória de Lula e a importância do petista na luta por justiça social, Lagos afirmou que, hoje, "a palavra-chave para o Brasil é confiança", para em seguida cobrar dos demais mercados internacionais que confiem no país. O presidente chileno destacou ainda que o Brasil demonstrou ao mundo um processo democrático notável que culminou na eleição de um "filho ilustre, que é a expressão de mudança".

"Queremos reafirmar nossa vontade de uma aproximação sólida com o Chile", disse Lula, que expressou seu desejo de que o Chile passe a integrar o Mercosul como membro efetivo e ressaltou a necessidade de os países enfrentarem de maneira solidária os impasses internacionais. O presidente eleito também aproveitou para reiterar a necessidade de mudanças no Brasil. "Não podemos continuar sendo uma das maiores economias do mundo e, ao mesmo tempo, termos dezenas de milhões de pessoas passando fome, excluídos da produção, do consumo e das condições de bem-estar e dignidade humana", disse.

No encontro com Lagos, o presidente eleito estava acompanhado da esposa, Marisa, do deputado federal e senador eleito Aloizio Mercadante (PT-SP), e pelo secretário municipal da Cultura de São Paulo, Marco Aurélio Garcia. Os ministros chilenos Heraldo Muñoz (Secretaria-Geral de Governo) e Nicolás Eyzaguirre (Fazenda) também participaram da reunião.

Lula deve se reunir ainda hoje com José Antonio Ocampo, secretário-executivo da Cepal (Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe, organismo das Nações Unidas). Às 19h30 locais, 23h30 de Brasília, o presidente eleito participará de uma recepção na embaixada brasileira em Santiago.

Fonte: www.pt.org.br

Márcia MIRANDA PRAVDA.Ru BRASIL

 
2338
Loading. Please wait...

Fotos popular