Pravda.ru

Notícias » Brasil


I Seminário Internacional do P-SOL

03.08.2005 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Participantes do Seminário

O P-SOL assumiu a tarefa de organizar o Seminário Internacional proposto na reunião realizada durante o FSM que ocorreu entre 25 e 31 de janeiro de 2005 em Porto Alegre e teve a presença de representantes do SWP e do SP da Inglaterra, da LCR da França, o Internationalist Socialist Organization dos EUA, o MPS da Suiça, da OIR e do Movimiento 13 de Abril da Venezuela, MST, Mas e Cimientos da Argentina, da Lucha Continúa do Perú, do MPU do Panamá. A grande maioria destas organizações já confirmaram sua participação.

A estas se somam outras organizações. Em particular queremos destacar os companheiros Roberto de la Cruz do Movimiento 17 de Octubre de El Alto, La Paz da Bolívia, e Jaime Solares da COB da Bolívia. Existem expectativas que também se façam presentes outras organizações latino americanas e o movimento zapatista apartir do giro que fizeram em sua política. Com efeito de ganhar tempo se elaborou uma nota assinada por Heloisa e Luciana convidando-os para o Seminário.

Também terão participação no Seminário personalidades políticas e intelectuais da esquerda. Já confirmaram sua presença François Chesnais da Carre Rouge da França, em relação ao Brasil seram convidadas personalidades Ricardo Antunes, Carlos Nelson Coutinho e outros intelectuais como também os setores dissidentes do PT que estão vindo para P-SOL.

Objetivos do Seminário

Este Seminário tem uma importância relevante já que reúne setores muito representativos da esquerda internacionalista revolucionária que tem intervenção concreta e direta em processos vivos da luta de classes. Na breve reunião que se realizou durante o FSM trocou-se opiniões sobre dois temas que inquietam as organizações neste atual período histórico: a política do imperialismo e a construção de organizações anticapitalistas e socialistas neste princípio do Século XXI. Sobre esta base, hoje se desdobram várias questões que marcam os objetivos que podemos buscar.

A elaboração política e o intercambio político entre as diferentes organizações que participam, partindo do fato de que hoje não existe nenhuma corrente ou organização que por si mesma possa ter uma análise acabada dos processos mais importantes que estão ocorrendo em escala mundial e continental. As contribuições que neste seminário farão as organizações representativas que atuam em diferentes setores da luta de classes mundial são fundamentais para socializar conhecimentos e políticas.

Proposta de temas destacados

1 - A situação do imperialismo

+ Junto as reflexões globais da situação política e econômica do imperialismo, estão colocados como temas importantes a situação do Iraque, o desenvolvimento do movimento antiguerra e de desobediência ao regrutamento militar nos EUA. Na Europa as conseqüências do rechaço a Constituição Européia. A organização do Seminário pode pedir colaborações concretas sobre estes ou outros temas para Ahmed Shawki, Calinicos, François Sabado. Charles Andre Udry, Francois Chesnais.

2 - América Latina

+ As consequências na América Latina da situação do imperialismo, em particular a política dos EUA para o continente, com o Plano Colômbia e outros dispositivos que se está montando. Como por exemplo a política sobre a Venezuela.

+ As insurreições populares e a crise de representação política e de governabilidade que vive nosso continente. A análise das rebeliões populares que ocorreram no último período (Equador e Bolívia) A crise dos regimes políticos.

+ A crise dos regimes e partidos políticos, e o papel que cumprem os “novos” governos de origem de esquerda ou centro-esquerda.

+ O processo venezuelano como ponto mais importante do enfrentamento ao imperialismo. A ALBA e uma política de integração latino americana

+ Brasil. a) A análise da experiência brasileira do PT ao governo Lula, para extrair as lições pertinentes, tanto o acerto da participação nele como os erros e as razões do desastre final. b) As perspectivas do PSoL e da esquerda depois da falência do PT.

3 - A construção das alternativas políticas e as organizações revolucionárias neste período

+ Enquanto a construção de alternativas radicais e organizações revolucionárias frente a estas situações. O intercambio entre partidos e organizações da experiência na América Latina do P-SOL, do M17 da Bolívia e na Venezuela, México, Argentina. As experiências européias.

+ Como construir as alternativas políticas anticapitalistas neste período. Frentes ou blocos políticos anticapitalistas e organizações políticas. Relação entre os movimentos sociais e a construção política.

4 - O internacionalismo militante no Século XXI

+ As colaborações que se podem estabelecer entre as organizações participantes. As campanhas de solidariedade gerais e sobre os focos da luta de classes. A coordenação dessas atividades.

Sexta-feira - 19 de agosto de 2005

* Reunião das organizações para ajustar a pauta às 18 horas;

* Conferência de imprensa com horário a ser estabelecido.

Proposta de Ordem das atividades do Seminário

Sábado - 20 de agosto de 2005

* 09:00 hs - Abertura do Seminário

* 10:30 hs - Imperialismo no século XXI

- Guerra do Iraque

- Situação dos EUA

- Crise e perspectivas da União Européia

(proposta de mesa com Calinicos, Francois Ollivier. Ahmes Swasky, Charles Udry)

* A crise latino americana, as rebeliões e a construção de alternativas políticas

- Bolívia

- Venezuela

Domingo - 21 de agosto de 2005

* 09:00 hs - Brasil (a se discutir na direção do P-SOL)

* 16:00 hs - Alternativas anticapitalistas e o Internacionalismo no Século XXI (companheiros da Europa e da América Latina)

* 19:00 hs - FSM de Caracas (tarefas da campanha de solidariedade e de coordenação)

 
6207
Loading. Please wait...

Fotos popular