Pravda.ru

Notícias » Brasil


Violência policial e prisão de manifestantes

01.06.2005 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O Governo do Estado de Santa Catarina está tratando as manifestações pela redução das passagens em Florianópolis como caso de polícia. No intuito de frear o movimento, a Polícia Militar (PM) prendeu na noite de ontem, 30 de maio, os militantes do Movimento pelo Passe-Livre, André Filipe de Moura Ferro, Marcelo Pomar e a militante Flora Muller.

Além dos três, o militante e advogado do MPL, Matheus Felipe de Castro também foi detido, mas liberado logo em seguida.

Os três foram acusados de obstrução ao serviço público, incitação ao crime e formação de quadrilha e só foram soltos após pagar a fiança no valor de R$ 4.500. Marcelo e André foram encaminhados para uma cela comum e Flora Muller recebeu constantes ameaças de transferência para o presídio feminino.

Na Revolta da Catraca, em julho de 2004, o governo do Estado (PMDB), responsável pela PM, impediu uma ação policial enérgica por fazer oposição à antiga Prefeitura, administrada por Angela Amin (PP). O próprio governador, Luiz Henrique da Silveira, afirmava que polícia não servia para bater em estudantes. Neste ano, com a entrada de Dário Berger, do PSDB - partido coligado com o PMDB, o governo mudou de tom.

Envie mensagens de repúdio contra a violência da polícia e a prisão dos militantes para:

Secretário de Segurança Pública - Ronaldo Benedet Telefone: (048 ) 251-1113 Fax: (048 ) 251-1120 benedet@ssp.sc.gov.br

Governador de Santa Catarina - Luiz Henrique da Silveira Telefone: (048) 221-3186 Fax: (048) 221-3137 governador@scc.sc.gov.br

Do Centro de Mídia Independente 31/05/2005 às 11:36 http://brasil.indymedia.org/pt/red/2005/05/317912.shtml

 
1752
Loading. Please wait...

Fotos popular