Pravda.ru

Notícias » Angola


Por quê não põe os PALOPs numa página só?

04.05.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Caro José, Muito obrigado pela sua mensagem. Entendo a sua posição, uma que me foi proposta já muitas vezes por Moscovo.

No entanto, acredito que tenho razão em manter estas páginas abertas e enquanto eu for director e chefe de redacção desta versão da Pravda.Ru, mantê-los-ei sempre.

A razão por isso é que eu entendo que se estes países estão constituídos como países independentes, têm o direito ao seu espaço próprio, tal como a Federação russa, Brasil e Portugal. Por que razão é que eu iria colocar uma rótula de PALOPs e juntar cinco países de zonas diferentes da África?

Vou mais longe, seria isso para mim, se eu fosse cidadão dos PALOPs, um insulto, tal como colocar a rótula "ex-colónias" ou qualquer coisa assim.

Se não geram muitas notícias, se calhar é bom sinal porque quer dizer que pelo menos não há desastres e catástrofes, que são sempre a primeira notícia a sair.

Porém acho que os correspondentes nestes países já providenciaram um serviço bastante interessante, pois quem lê as páginas Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe, irá ter uma ideia geral sobre aquilo que está acontecendo nestes países.

Há que realçar o trabalho significativo atrás das cenas do Inocêncio Costa (correspondente de São Tomé e Príncipe) em África, e o contributo valioso da Embaixada da Angola em Moscovo.

Posteriormente haverá mais contactos dos nossos amigos em África e cada vez mais pessoas irão contribuir com o seu material, juntando-se à nossa família coletiva aquí.

Um abraço para si e um grande abraço a todas as pessoas nos países africanos de expressão portuguesa.

Se alguém quiser contactar-nos, o nosso endereço está na página "CONTACTE-NOS"

Timothy BANCROFT-HINCHEY PRAVDA.Ru

 
1841
Loading. Please wait...

Fotos popular