Pravda.ru

Notícias » CPLP


Anvisa discute ações específicas para o Baixo Amazonas

28.02.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

As estratégias em vigilância sanitária voltadas para as especificidades regionais serão discutidas até sexta-feira (29), durante o I Encontro Regional de Vigilância Sanitária do Baixo Amazonas, em Oriximiná (PA). O encontro, que teve início ontem, reúne representantes de 25 municípios do Pará e do Amazonas e integrantes do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS).


"É preciso lançar um olhar focado sobre estas necessidades, unindo perícia técnica e ética a fim de transformar as ações cotidianas em ações que de fato propiciem melhoria da qualidade de vida", afirmou o diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Dirceu Raposo de Mello.


A região do Baixo Amazonas é a de mais difícil acesso no estado do Pará. As condições geográficas, somadas às peculiaridades culturais, tornam necessária a adoção de mecanismos específicos para a execução das atividades educativas e de fiscalização. "As ações devem ser construídas pensando-se na lógica da Amazônia, que tem uma territorialidade diferente. Em muitos casos é preciso que o poder público leve a assistência até a comunidade", defende a representante da secretaria estadual de saúde do Pará, Danielle Soares Cavalcante.


Para Domingos Wanderley Diniz, coordenador do núcleo de extensão e pesquisa da Universidade Federal do Pará (UFPA) em Oriximiná, para além da especificidade territorial, é preciso considerar também outros aspectos: "o avanço, por vezes desordenado, do desenvolvimento urbano, as barreiras culturais e as endemias provenientes da cotidiana interface entre selva e cidade".


No evento, os participantes também ressaltaram a importância da vigilância sanitária e da criação da Anvisa para a prevenção de doenças e agravos. “Com a criação da Agência, o país passou a preocupar-se mais com a prevenção, cujo fortalecimento é nosso desafio atual. Evitar o dano é mais fácil, econômico e propicia melhores resultados que tentar recuperar a saúde de uma pessoa já debilitada”, ressalta o vice-prefeito de Oriximiná, Roberto Rodrigues de Souza.


O I Encontro Regional de Vigilância Sanitária do Baixo Amazonas, que reúne municípios do oeste do Pará e do nordeste do Amazonas, também vai abordar aspectos relativos ao comércio de medicamentos, ao uso de plantas medicinais e fitoterápicos, a fabricação e manipulação de alimentos típicos, ao financiamento das ações de vigilância sanitária e ao transporte de produtos de interesse à saúde pelos portos da Amazônia.


Ministério da Saúde

 
2643
Loading. Please wait...

Fotos popular