Pravda.ru

Notícias » CPLP


Portugal: ATTAC promove debate sobre "alternativas a uma Europa neoliberal

26.09.2006 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

A associação ATTAC Portugal promove esta quarta-feira, 27 de Setembro, pelas 21 horas, um debate sobre "Alternativas a uma Europa Neoliberal".

Será no Bar Ribeirarte, no 1º andar do Mercado da Ribeira, junto ao Cais do Sodré, em Lisboa.

Contará com a participação de Florival Lança (dirigente da CGTP-IN, responsável pelas relações internacionais), Isabel do Carmo (Isabel do Carmo (dirigente da ATTAC Portugal), José Medeiros Ferreira (professor universitário de relações universitárias, ex-ministro dos negócios estrangeiros) e Paulo Fidalgo (médico, dirigente da Renovação Comunista).

Sobre este debate diz a ATTAC:

"Por ocasião do 20º aniversário de Portugal à então CEE e perante o momento de impasse em que vive a construção europeia depois do falhanço do tratado constitucional, seria oportuno dar-se em Portugal uma ampla discussão sobre a experiência já existente e sobre as opções em aberto."

"Estranhamente, a Europa parece um espectro silencioso que se assombra a si própria. Um assunto ausente do debate político."

"Quando a situação no mundo, como a recente agressão de Israel ao Líbano veio evidenciar, exige por certo um papel mais activo da Europa. E não a sua actual submissão ao imperialismo norte-americano."

"Quando a confrangedora impotência dos trabalhadores e do Estado face às deslocalizações exige a procura de soluções, que em grande medida serão certamente supranacionais, talvez à dimensão europeia."

"Quando o poder político e a democracia portuguesa estão cada crescentemente subordinados a um distante, obscuro e pouco democrático nível de poder europeu."

"Quando a Europa está crescentemente submetida a uma tendência neoliberal, que degrada direitos duramente conquistados, agrava desigualdades sociais e entrava um verdadeiro desenvolvimento sustentado."

"Por isto, tomou a ATTAC Portugal a iniciativa de promover um debate sobre «Alternativas a uma Europa neoliberal»."

"Porque é urgente debater e afirmar políticas e opções concretas, na dimensão europeia e face à Europa, para mais e não menos direitos, mais e não menos justiça social, mais e não menos paz, mais e não menos democracia, mais e não menos equilíbrio ecológico, mais e não menos verdadeiro desenvolvimento."

"Convidámos um conjunto de oradores certamente anti-neoliberais, mas de perspectivas diversas."

 
2570
Loading. Please wait...

Fotos popular