Pravda.ru

Notícias » CPLP


Farmácia Popular do Guanabara completa 3 meses de funcionamento

25.01.2010 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

A segunda unidade da Farmácia Popular de Campinas - na Rua Clóvis Bevilacqua, 535, Guanabara - completou sábado, dia 23 de janeiro, três meses de funcionamento, com mais de 4.700 unidades (cartelas, frascos) vendidas. Nesse período, também, entre usuários que compraram medicamentos ou buscaram informações sobre o serviço, passaram pelo balcão de atendimento da Farmácia 1.541 pessoas, além das informações dadas pelo telefone.

Conforme explica a farmacêutica Marina Araújo, gerente da farmácia, desde que foi inaugurada, em outubro, o movimento cresce mês a mês. No mês de dezembro a Farmácia registrou o comparecimento de 463 clientes, contra os 213 do mês de outubro. Ela destaca que 70% dos atendimentos são relativos a receitas oriundas de atendimentos particulares e de convênios.

"Uma das propostas da Farmácia Popular é dar apoio aos usuários das farmácias particulares que, por motivos financeiros, não têm como custear e interrompem o tratamento. Além disso -explica a farmacêutica -, nós podemos suprir a eventual falta de algum medicamento fornecido pelo Centro de Saúde”.

Marina faz questão de lembrar que para ter acesso a qualquer dos medicamentos, o usuário deve apresentar receita médica ou odontológica com o carimbo e a assinatura do profissional. Destaca ainda que todo cidadão tem direito de comprar nesta Farmácia e que não há necessidade de nenhum tipo de cadastro.

A Farmácia Popular é uma realização do Governo Federal e funciona numa parceria entre a Fundação Osvaldo Cruz e o Município. Tanto a unidade do Guanabara como a do Centro (Rua Ferreira Penteado, 854) oferecem 97 itens de medicamentos e funcionam das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, e das 8h às 12h, aos sábados. Os telefones são 3212-2274 ou 3212-1243.

Na Farmácia Popular do Brasil os medicamentos são adquiridos pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), exclusivamente para o programa e podem ser adquiridos a preços muito abaixo dos praticados no mercado. O valor chega a ser 90% inferior ao de farmácias comuns.

Assistência farmacêutica

O programa Farmácia Popular do Brasil foi regulamentado em 2004 e começou a ser implementado em junho do mesmo ano para ampliar as ações de assistência farmacêutica e oferecer à população mais uma opção de acesso aos medicamentos.

Campinas já conta com duas unidades. A primeira foi inaugurada em 2007 e fica na Rua Ferreira Penteado, 854, Centro. O telefone da unidade é 3232-5577. A meta da Prefeitura e do Ministério da Saúde é que outras três novas unidades do programa sejam inauguradas na cidade, para que assim o município tenha uma em cada região, facilitando o acesso a toda comunidade.

A segunda unidade da Farmácia Popular do Brasil em Campinas - a de número 523 no país - foi inaugurada dia 23 de outubro com a presença do Ministro da Saúde, José Gomes Temporão. A inauguração contou com a apresentação do Coral Vozes da Saúde, todo ele formado no centro de saúde São Marcos, na região Norte de Campinas.

Fundação Oswaldo Cruz

Criada em 25 de maio de 1900 - com o nome de Instituto Soroterápico Federal -, a Fiocruz nasceu com a missão de combater os grandes problemas da saúde pública brasileira. Para isso, moldou-se ao longo de sua história como centro de conhecimento da realidade do País e de valorização da medicina experimental.

A Fiocruz tem sua base fincada num campus de 800.000 m2 no bairro de Manguinhos, Zona Norte do Rio de Janeiro. Em torno dos três históricos prédios do antigo Instituto Soroterápico Federal – o Pavilhão Mourisco, o Pavilhão do Relógio e a Cavalariça -, funcionam dez de suas 13 unidades técnico-científicas e todas as unidades de apoio técnico-administrativas. Outras cinco unidades situam-se nas cidades do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife e Manaus.

Hoje, a instituição, vinculada ao Ministério da Saúde, abriga atividades que incluem o desenvolvimento de pesquisas; a prestação de serviços hospitalares e ambulatoriais de referência em saúde; a fabricação de vacinas, medicamentos, reagentes e kits de diagnóstico; o ensino e a formação de recursos humanos; a informação e a comunicação em saúde, ciência e tecnologia; o controle da qualidade de produtos e serviços; e a implementação de programas sociais.

São mais de 7.500 servidores e profissionais com vínculos variados, uma força de trabalho que tem orgulho de estar a serviço da vida.

 
4533
Loading. Please wait...

Fotos popular