Pravda.ru

Notícias » CPLP


Cairam todas as máscaras

21.01.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

No dia 16 de Janeiro de 2008, no Hotel Encosta da Serra, às 15h15min, iniciou-se a reunião entre o COMANDO DE GREVE e a Reitoria da URCA. A reitoria estava representada pelo Reitor, Prof. Plácido, as professoras Carminha e Cileide, e os professores Mota e Patrício. Representando o Comando de Greve, estavam, o Presidente do SINDURCA, Prof. Augusto Nobre e os professores Fábio Rodrigues e Tolovi.

A reunião foi pautada apenas pelas exigências que o sindicato enviou à Reitoria:

1 – A imediata retirada do comunicado de suspensão da greve e subseqüente publicação de uma nota de esclarecimentos do SINDURCA na página eletrônica da URCA;

2 – Uma imediata nota de desagravo ao SINDURCA assinada pelo Reitor desta universidade, divulgada na página eletrônica da URCA, na imprensa falada, escrita e televisionada, como também divulgada em panfletos dentro da URCA.

Os professores representando o Comando de Greve, dando o tom a conversa, fizeram a exposição de que, o que estava em jogo ali, além da autonomia sindical, era o respeito entre os professores da academia. Abordaram a gravidade do ato cometido pela Reitoria quando tentaram intervir no movimento docente, e cobraram que estes concertem os danos cometidos à universidade, quando tentam intervir no SINDURCA e, por conseguinte, o grande problema gerado para o dia 21 de janeiro, por terem chamado o retorno às aulas.

Temos que admitir que a Reitoria presente na reunião, concordou com tudo que dissemos, e conseguimos até "nominar" os membros dessa Reitoria causadores deste ato desastroso, que foi a intervenção no movimento sindical, e se COMPROMETERAM a desfazer tal ato. E bem verdade que não disseram como "desfazer", mas que iriam discutir com a "outra reitoria", e com certeza concertariam o erro, erro tal, que por várias vezes foi admitido por eles. Parecia até que estávamos diante de um confessionário, e nos éramos os padres.

O encontro com o Professor Plácido foi uma demonstração clara de reconhecimento do SINDURCA como Sindicato e legitimo representante da categoria docente ao ponto de ser noticiado no site da URCA o referido acontecimento. Nosso sentimento era de que estávamos diante de um gestor, de um administrador comprometido com os verdadeiros interesses da comunidade acadêmica e que de fato iria publicamente assumir os equívocos cometidos e confessados nesta ocasião evitando o 21 de janeiro.

No entanto, na noite do dia seguinte (quinta-feira) o Professor Plácido comunica por telefone ao Prof. Augusto, Presidente do SINDURCA que decidiram manter a convocação de retorno ás aulas para o dia 21 próximo.

Concluímos que acabou a farsa, a dissimulação, o teatro e de que teríamos duas reitorias, que uma tenta dar um golpe na outra. Temos somente uma Reitoria, a qual tenta dar um golpe na categoria defendendo com unhas e dentes o Governo CID, que é contra a categoria docente. Mas tem gente ainda perguntando: Quantos Reitores tem a URCA? Se tiver alguém nesta reitoria, que realmente não é um traidor da classe trabalhadora, que saia agora ou se assuma para sempre como um fraco.

A GREVE CONTINUA, A LUTA CONTINUA!

Comando de Greve/SINDURCA

Crato, 18 de janeiro de 2008


Prof. Tarcisio Praciano Pereira
---------------------------------------------
Contra guerras, irrestritamente pela PAZ

 
3479
Loading. Please wait...

Fotos popular