Pravda.ru

Notícias » CPLP


A alternativa Dilma

20.07.2009 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Parece que o PT vai mesmo mal, como agremiação política. Dono de várias conquistas eleitorais mostra-se extremamente fraco, na sua cúpula.

Os sonhos nem tão secretos de Lula são grandes. Deseja ser Secretário-Geral do ONU e outra vez candidato após a eleição de 2010. Na primeira vai encontrar adversários fortíssimos, conhecedores profundos de política internacional, campo minado para o presidente.

A segunda, ser candidato em 2014, parece bem mais fácil. Lula continua mantendo uma preferência popular muito grande. É difícil ser derrotado, salvo se a oposição vencendo o próximo pleito e fazendo bom governo, apresente Aécio Neves como sucessor. Briga duríssima, mas Lula tem seus pecados, o que não acontece com o governador mineiro.

A alternativa Dilma mostrou a fraqueza da cúpula. O candidato mais forte seria o senador Aluizio Mercadante, que não foi preparado nem trabalhado pelo partido. Dono de eleitorado de maior expressão em São Paulo, Mercadante não apareceu como senador. Não foi por culpa própria; pode-se dizer que foi abandonado e não pesam contra ele acusações de haver cometido fatos ilícitos.

Outro que poderia entrar na disputa seria Ciro Gomes, com mais experiência do que o senador Mercadante. Mas parece que ele não se recuperou junto ao eleitorado feminino, mesmo sendo casado com uma das mais talentosas atrizes do teatro, cinema e televisão.

E o PT resolveu não abrir mão da candidatura Dilma. A Ministra-Chefe da Casa Civil mostrou eficiência na burocracia do seu cargo. Mas a burocracia, para dirigir um país, só serve para impedir o desenvolvimento deste. Acostumados com protocolos, agendas e ajuda no serviço de nada ajudam. Ninguém vai afirmar que Dilma é boa política, conhece os segredos e os caminhos que tornam um presidente eficaz. É o seu grande ponto fraco.

O apoio incondicional de Lula não significa o já ganhou, e Ciro tem demonstrado isto faz tempo.

Detesto profecias, mas vou muito além. Caso o país seja dirigido pela ministra Rousseff, Lula não se elege em 2014 e não vai ver o seu sonho maior ser realizado: ser o presidente durante a Copa do Mundo de Futebol.

O PT jogou mal, não preparando o senador Mercadante.

Jorge Cortás Sader Filho

 
2346
Loading. Please wait...

Fotos popular