Pravda.ru

Notícias » CPLP


Opinião: Horário marginal gratuito

18.09.2006 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Por força da justiça eleitoral, todos os dias invadem nossas casas todo tipo de marginal, disfarçados de políticos, desfilando frente aos nossos olhos, até por duas vezes, os engravatados bandidos institucionais.

Dos atuais 513 deputados federais que compõe o nosso Congresso Nacional, mais de 30% deles, quase 1/3, estão sendo investigados pela Justiça, por crimes cometidos de toda ordem.

Peculato, desvio de verbas, tráfico de influência, apropriação indevida do patrimônio público, corrupção, falsidade ideológica, entre tantos outros crimes, pesam sobre alguns dos nossos incansáveis deputados, que, diante de tanta denúncia e do desmascaramento nacional, se arriscam, para uma vez mais nos roubar mais um pouco, nos empobrecer por mais um mandato, por mais quatro anos de bandalheira e mentiras.

A população brasileira não pode mais permitir isso, não pode mais ser conivente com os eternos rufiões da pátria, com os sanguessugas do nosso dinheiro, com os mensaleiros da nossa moral, com os bingueiros do jogo político, com os vampiros brasileiros. A população brasileira, por meio do voto consciente, tem que terminar com os processos começados e não terminados pelas CPIs. O brasileiro, por força de sua vontade, do voto, vai terminar os trabalhos de cassações iniciados e nunca terminados pelo nosso Congresso, que anda tão desmoralizado por nossos sombrios representantes.

Faz-se agora a hora de reestruturamos o nosso processo político, cassando, de uma vez por todas, a podre representação que se instalou em Brasília e imperou em tempos tão obscuros.

Para começarmos a sonhar um país melhor, temos que varrer da nossa vida pública os dançarinos da hipocrisia, aqueles que são comprados por meia dúzia de moedas roubadas, de notas frias, de promessas vazias. Os nomes estão aí, pintados nosmuros e registrados em nossa civil lembrança, que caminha de braços dados com a nossa esperança, aquela mesmo que eles amassaram, dançaram e sapatearam em cima dela, e, depois, a jogaram no lixo da história.

Nós não podemos mais aceitar que este lixo político, que esta excrescência ideológica, esta desmoralização representativa, que esta vergonha pública, venha nos envergonhar por mais quatro anos, acreditando ser o nosso país uma pátria de desinformados, uma pátria de enganados, uma pátria de abobados.

Não, nós não somos isso e muito menos um país de complacentes com os desmandos de uma gente que só pensa em legislar em causa própria, em usar os seus mandatos, que conseguiram por força do nosso voto, para encher os bolsos com a nossa desilusão, com a nossa desinformação.

Não! É chegada a hora do basta, da virada, do voto consciente, aquele mesmo que não deixa os mensaleiros, os bingueiros, os sanguessugas e os vampiros de gravatas, se investirem contra os nossos pescoços, contra os nossos sonhos e, principalmente, contra a nossa moral; a nossa vergonha na cara!

Petrônio Souza Gonçalves

jornalista e escritor

belooriente@cidademais.com.br

 
3133
Loading. Please wait...

Fotos popular