Pravda.ru

Notícias » CPLP


Amazonia - Internacionalização, imediata

16.05.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Opinião: O povo brasileiro não mais tem o direito de possuir a parte da região Amazônica em que ainda há cobertura vegetal devendo esta região ser entregue, imediatamente nas mãos daqueles que possuem capacidade, competência e podem, mais responsavelmente, administrá-la e cuidar desta região que é o mais precioso presente que a natureza deu ao homem.

O povo brasileiro não merece mais a posse da região e deve ser punido com sua perda, pois permite que seus governantes tratem-na como se não fosse território brasileiro,.

O mapa !politico! do Brasil, a propósito, compreende apenas, a Região Sul e Sudeste, as regiões do Centro-Oese que produzem e a região litorânea do nordeste, onde, convenientemente estão localizadas todas as capitais nordestinas, com a exceção de Teresina que se encontra as margens do caudaloso rio Parnaíba.

A região Norte, o sem-árido nordestino e algumas regiões do Centro-Oeste estão entregues à própria sorte.

A região Amazônica além de possuir grandes riquezas minerais, razão pela qual, o governo deveria, ao menos ser interessado, pois outrosa governos certamente, o são, como os EUA, é também extensa demais possuindo uma população desconcentrada que, por assim estar, são abandonadas a própria sorte, carecendo de assistência em todos os campos da atividade governamental.

Uma vez que a presença do governo é bastante rara na região,torna-se território livre para narcotraficantes, grileiros, com força suficiente para intimidar jurados, contrabandistas de madeira e animais silvestres, seja área protegida ou não.

Os índios, como cidadãos de segunda classe numa região já abandonada o que agrava sua situação. Uma vez demarcada a reserva passa a não ser mais território brasileiro. O caso da reserva Raposa Serra do Sol, que possui a área de Portugal, para uma população de 20 mil índios.

A reserva Roosevelt, assim denominada em homenagem a um presidente estadunidense que colocou seus pés na Amazônia e, por causa disto, mereceu ter seu nome numa reserva indígena, pertence a tribo dos Cinta-larga que atualmente montam em, aproximadamente 1,200 e, or causa disto merecem ter uma área do tamanho da Bélgica.

A reserva Kennedy, digo, Nixon, digo, Roosevelt, a propósito, foi paçco de um sangrento conflito em disputa por um garimpo de diamantes, mas que hoje pertence, tão somente aos Cintal-arga, mas que poderia, certamente, ser direcionada a um fundo único em benefício de todos os povos indígenas.

Segundo Lula, a Amazônia é prioridade. Prioridade, após a região Sul, Sudeste, etc. è por esta razão que o Projeto Amazônia Sustentável foi entregue ao ministro que anteriormente cuidava de ações de longo prazo, mas que atualmente, cuida de assuntos estratégicos e não ao ministro do meio-ambiente.

Um ´´plano de desenvolvimento, iniciar=se=ia, pela divisão do estado do Pará e do Amazonas, em três, porque administrar estados maiores que muitos países europeus somente pe possível no Brasil,.No as aspecto ambiental,,poderia haver o replantio de matas ciliares, utilizando-se mão=de-obra dos presídios como era o profiro de Minc no Rio de Janeiro.

No aspecto energético que é uma carência da região, tornar-se-ia viável, enfim, o Gasoduto do Sul – a Muralha da China como denominou Lula – mas apenas o gasoduto ligaria a Venezuela até o estyado do Pará.

Entretanto, a Amazônia está no Brasil e a única solução para salvar-se o que ainda resta, é interncionalioar-se a mesma, ficando sua administração a cargo de um pool de paises comprometidos com a causa ambiental como os países nórdicos, a Alemanha e a Holanda.

Mas como tudo isto não passa de uma grande utopia, em menos de uma década a região amazônica tornar=se=[a uma savana, a menos talvez que os EUA queiram toma=la, à força.

Jose Schettini, Petrópolis, RJ

 
3922
Loading. Please wait...

Fotos popular