Pravda.ru

Notícias » CPLP


PEV lamenta corte indiscriminado de árvores

15.05.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O Partido Ecologista “Os verdes” lamenta o corte, aparentemente indiscriminado, de árvores, algumas centenárias e de espécies autóctones, como os choupos negros, ao longo das bermas da Estrada Nacional nº349-3, entre Torres Novas e Tomar denunciado ontem na comunicação social por denúncia da Associação Ambientalista Quercus.

O abate de árvores adultas em perfeito estado vegetativo e sem apresentar perigo para a circulação rodoviária, levado a cabo pela Estradas de Portugal, é lamentável, injustificado e empobrece o país para além de revelar uma atitude de desprezo pelo património público natural.

“Os Verdes” relembram que, caso o Partido Socialista e a direita parlamentar tivessem aprovado o Projecto de Lei nº255/X ( Estabelece medidas de protecção aos carvalhos e outras espécies autóctones da flora portuguesa) , apresentado pela bancada ecologista e discutido há um ano na Assembleia da República, que estabelecia um estatuto mínimo de protecção aos carvalhos e outras árvores, como os choupos ora em causa, actos como este não seriam permitidos nem ficariam impunes .

Por esse facto, e por culpa de quem reprovou essa proposta no Parlamento, infelizmente, continuamos sem instrumento legal para impedir este tipo de arbitrariedades e atentados ambientais, contra espécies de árvores da nossa flora natural, e que, em geral têm vindo a conhecer um decréscimo de área florestal nas últimas décadas por falta de protecção e pela invasão do eucalipto entre outras causas.

PEV

 
1579
Loading. Please wait...

Fotos popular