Pravda.ru

Notícias » CPLP


Estela de Carlotto rejeita declarações de Macri sobre desaparecidos

13.08.2016 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Estela de Carlotto rejeita declarações de Macri sobre desaparecidos. 24895.jpeg

A presidenta de Abuelas de Plaza de Mayo, Estela de Carlotto, alertou sobre a campanha de esquecimento conduzida por Mauricio Macri em relação aos crimes da ditadura.

"Chamar nossos filhos de terroristas é a pior ofensa, porque foram militantes. É imperdoável." Com estas palavras, a presidenta de Abuelas de Plaza de Mayo, Estela de Carlotto, rejeitou as declarações do presidente argentino Mauricio Macri sobre a última ditadura na Argentina.

Em declarações à Radio del Plata, Carlotto disse que o governo de Macri promove uma campanha de esquecimento sobre os desaparecidos e os crimes da ditadura. "Há uma ofensiva dos que pretendem que, jogando um manto de esquecimento, isso siga assim como está. Não vamos recuar diante da metodologia de respeito à lei, e pedimos respeito do outro lado. Isso é uma grande falta de respeito contra nós e contra nossos filhos".

"É realmente assustadora essa situação que estamos vivendo, de angústia por ter que sair e rejeitar declarações, e ter que estar sempre atenta ao que é dito é feito", pontuou a defensora de direitos humanos.

Durante a entrevista, Estella de Carlotto pediu a Mauricio Macri que colabore com as famílias dos desaparecidos, e que esclareça os crimes da ditadura

"Se ele representa o Estado, deve acompanhar as pessoas e as demandantes de ações judiciais, auxiliar os familiares, mas tudo isso está sendo desprezado. Existe um conceito de exclusão do assunto. Nossos netos são desaparecidos vivos, e isso é o que deve ser entendido".

As declarações de Estella de Carlotto ocorreram após uma entrevista do presidente da Argentina, na qual disse não ter "ideia se foram 30 mil desaparecidos, ou 9 mil", e considerou isso uma "discussão sem sentido".

Edu Montesanti é professor de idiomas, tradutor da ONG argentina Abuelas de Plaza de Mayo, autor do livro Mentiras e Crimes da "Guerra ao Terror", atua como freelancer para Pravda e escreve também para Center for Research on Globalization (Canadá). Foi tradutor do sítio na Internet da escritora, ativista pelos direitos humanos e ex-parlamentar afegã expulsa injustamente do cargo pelos senhores da guerra, Malalaï Joya. Escreveu para Diário Liberdade (Galiza), e para Observatório da Imprensa (Brasil).

Fonte: TeleSur (Venezuela) / Tradução de Edu Montesanti

[http://www.telesurtv.net/news/Estela-de-Carlotto-rechazo-dichos-de-Macri-sobre-desaparecidos-20160811-0023.html]

in

 
3073
Loading. Please wait...

Fotos popular