Pravda.ru

Notícias » CPLP


Sábados para a infância

12.03.2016 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Sábados para a infância. 23956.jpeg

Sábados para a infância, debate da RUC e documentário encerram programação de Março no TCSB

A oficina de ilustração e pintura dirigida por Ana Biscaia e uma sessão especial de "Flores de Livro", dedicada a Hans Christian Andersen, concluem a programação de Março dos "Sábados para a infância no TCSB". O mês fica ainda marcado pela associação d'A Escola da Noite às comemorações do 30º aniversário da Rádio Universidade de Coimbra e pela exibição do documentário "Yes, we fuck", promovida pelo projecto INTIMATE, do Centro de Estudos Sociais.

Os "Sábados para a infância no TCSB" do mês de Março começaram com duas oficinas para pais e filhos que esgotaram rapidamente. Ambas têm já agendadas novas edições, para que ninguém as perca: Leonor Barata regressará a 2 de Abril com a oficina de dança e Vânia Couto realizará uma nova edição de "Som a som, tom a tom" a 18 de Junho. As inscrições já estão abertas.


Ainda em Março, a programação para os mais novos inclui a oficina de ilustração e pintura de Ana Biscaia e uma sessão especial de Flores de Livro, que antecipa as comemorações do Dia Internacional do Livro Infantil.
Com a ilustradora, que dirige a sua terceira oficina no Teatro da Cerca de São Bernardo, as crianças vão poder desenhar um conjunto de poemas seleccionados pela própria, a partir dos livros "Versos com reversos", de João Pedro Mésseder, e "Primeiro livro de poesia", de Sophia de Mello Breyner Andresen. À semelhança do que aconteceu nas oficinas anteriores - "O Verão: ler um poema, ilustrar um livro" e "Desenhar a guerra a partir do livro 'Que luz estarias a ler?'" - os trabalhos dos participantes ficarão expostos no foyer do Teatro durante alguns dias. A iniciativa decorre no dia 19 de Março, tem a duração de 4 horas e a inscrição custa 10 Euros por criança.


No último Sábado do mês (26 de Março), e a pretexto do Dia Internacional do Livro Infantil, que se assinala a 2 de Abril (data de nascimento de Hans Christian Andersen), Cláudia Sousa dedica a sessão mensal de "Flores de Livro" à obra do escritor dinamarquês, autor de famosos contos como "O Patinho Feio", "O Soldadinho de Chumbo" ou "A Pequena Sereia". A animadora sócio-educativa apresenta desta vez uma performance que cruza leitura, teatro de sombras e projecção de imagens e dará a conhecer alguns aspectos da vida e da obra do conhecido autor, para além, claro, de contar algumas das suas histórias. Com a duração aproximada de uma hora, a sessão tem início às 11h00. Como habitualmente, os bilhetes custam 3 Euros (individual) ou 5 Euros (adulto + criança).
Num e noutro caso, é possível efectuar reserva antecipada de lugares pelos contactos habituais do TCSB: 239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt.

Onde está o ensino superior?
A 19 de Março, A Escola da Noite tem o prazer de se associar às comemorações do 30º aniversário da Rádio Universidade de Coimbra, acolhendo uma das muitas iniciativas programadas pela Rádio em vários espaços da cidade. Nesse sábado à noite, pelas 21h30, terá lugar um debate subordinado ao tema "Onde está o ensino superior em Portugal?", que contará com a participação de João Gabriel Silva (reitor da Universidade de Coimbra), Gonçalo Leite Velho (vice-presidente do Sindicato Nacional de Professores do Ensino Superior), Rui Antunes (vice-presidente do Instituto Politécnico de Coimbra) e José Dias (presidente da Direcção-Geral da Associação Académica de Coimbra). O debate é moderado por Mafalda Lalanda, da RUC, e tem entrada gratuita.

Yes, we fuck!
No último dia do mês, A Escola da Noite acolhe uma iniciativa do projecto INTIMATE, do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra. No âmbito da I Conferência Internacional "Queering Partnering", será projectado o documentário "Yes, we fuck", de Antonio Centeno e Raul de la Morena. O filme aborda a sexualidade em pessoas com diversidade funcional, partindo do pressuposto de que a sexualidade "é o mais poderoso motor do crescimento pessoal, do desenvolvimento da personalidade e das relações sociais". Como tal - defendem os realizadores - "deve ser um elemento central no apoio dos serviços sociais a pessoas com deficiência". Antonio Centeno e Raul de la Morena assumem que o filme pretende mostrar "não só o que a sexualidade pode fazer pelas pessoas com diversidade funcional, mas também o que a realidade da diversidade funcional pode aportar à sexualidade humana". Fazem-no através de várias histórias pessoais, que têm como foco comum a diversidade da sexualidade e "o sentido amplo da beleza e da luta pela independência pessoal". O filme passa às 21h30 e a entrada é gratuita.

TEATRO DA CERCA DE SÃO BERNARDO

Programação de 12 a 31 de Março e 2016

 

 
6343
Loading. Please wait...

Fotos popular