Pravda.ru

Notícias » CPLP


Filosofia humanística

12.02.2014 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Filosofia humanística. 19779.jpeg

13 - Egoísmo


 Muitos não entendem a razão desse item, aparentemente insignificante. Mas, sem o egoísmo seria totalmente impossível ao homem, "vencer na vida". Vocês podem imaginar alguém ganhar muito dinheiro (normalmente por meios desonestos) e, sem ser egoísta, ficar rico e poderoso?


Provei muitas vezes, a várias pessoas que acreditavam poderem ser ricas sem precisarem ser egoístas, como farei agora mais uma vez, que isso é totalmente impossível.


Imaginemos que você ganhou muito dinheiro, mas, se ajudar aos familiares que lhe pedem, nunca chegará a ficar rico, pois, caso junte algo, depois dos familiares, virão os amigos e amigos dos amigos.


Como podemos ver, nesse mundo em que vivemos, tirando pouquíssimas pessoas, podemos dizer que estamos afogados no meio da podridão.


AMOR, no cinema, na TV, na via publica, é só SEXO!  Não existindo mais vergonha, ou recato, palavras riscadas de nosso dicionário.


Na TV, como em um mundo virtual, só noticias superficiais sobre invasões de países independentes, pressões econômicas e financeiras sobre os países mais pobres. Depois, futebol e novelas em que os protagonistas parecem viver em um país do primeiro mundo e onde as piores tendências do homem são apresentadas em situações mil, dando pouca, ou nenhuma atenção às tendências espiritualistas das pessoas.


Sim, o homem caminha assim, ajudado por TODOS os lados, para o seu maior sonho, o poder material.


Não existe mais, em nenhuma camada social, a conversação sobre coisas espirituais, sobre tentativas de modificação de nossa podre sociedade.


Nas igrejas vozes murmurantes tentam, aparentemente, nos tirar do caminho que seguimos, mas, já indicando no murmúrio, a pouca fé de que realmente sairemos do caminho impuro que seguimos.


É! O homem, infelizmente, está seguindo o caminho que escolheu, tendo como pano de fundo a palavra DEUS, usada quando é de sua conveniência a fim de conseguir mais alguma vitória material!

13).          
Chegamos agora à última etapa na ignorante procura do homem pela felicidade.
4 - O Poder.
O homem procura chegar ao poder usando da vaidade, da ambição e do egoísmo.
A verdade é chocante e vexatória para as pessoas que seguem esse caminho, e poderiam ser chamados até de santos todos aqueles que não o seguem.
Infelizmente são os poderosos que comandam, não só a sociedade de seus países, mas também a ONU, que serve a esses senhores com TOTAL submissão.
Fica o mundo assim, tendo como exemplo para os jovens, o que de mais podre e corrupto existe na face da Terra.
Pergunta-se agora: por que, descaradamente, a sociedade e os meios de informação, diariamente, apresentam o "grande problema" da falta de visão dos nossos jovens, por terem escolhido o caminho do crime e das drogas?


Não estaremos presenciando o culpado acusar a vitima, dado a incapacidade da mesma de defender-se?


Não estarão os poderosos, conscientes já dos seus fracassos, querendo que alguém pague pelos seus erros?  E quem melhor do que os jovens, os direcionados por eles pelo caminho do mal, do endeusamento da matéria, para pagarem agora pelos seus fracassos?
No momento, queiram ou não queiram enxergar os jovens, serão eles os pagadores dos erros dos velhos, sem terem ninguém para apelar.


Sofro muito, ao deparar com essa situação que, infelizmente, tirando um grande milagre, nos levará ao fim.
Como aprendi em minha vida terrestre que, tudo o que tem principio tem fim, só me resta aguardar o que virá.


Continuando em minhas tentativas de mudanças, apesar de até ao presente momento parecem ser todas elas infrutíferas!
Mas, continuarei tentando - quem sabe - esperando o grande milagre quando o homem tornar-se-á finalmente humano. E só nessa hora a ambição, vaidade e egoísmo não serão mais necessários, pois o homem compreenderá que para alcançar a felicidade, o poder é um fator dispensável.

14).                                               
Os ateus atuais não são aqueles que não seguem à religião; mas aqueles que seguindo uma, passaram a odiar os seus deuses, prepotentes, belicosos e desumanos.


Tirando o "amar ao próximo" (não precisa ser "como a nos mesmos") nada nos levará ao principio de tudo; a nossa união ao Todo.


Nós somos seres pequeníssimos, sem significância alguma, mas fazemos parte do Todo. Mas, só conseguiremos alcançá-lo quando nos convencermos de que, sem a União, o Todo não aparecerá, e nós continuaremos a ser somente pequeníssimos seres à procura do porquê de nossa existência!


A simplicidade da resposta ao que acontece com tamanha desumanidade nesse planeta, passa obrigatoriamente pelas religiões; que, apresentadas como nossas guias em direção do bem, nos levaram e continuam levando para o oposto.


O homem só dará o seu primeiro passo em direção à VERDADE e ao saber, quando sentir AMOR (não sexo); e, enquanto isso não acontece, continuaremos a ver o homem, religioso e ateu.


Seguindo uma religião, o homem, ao principio, começa combatendo a outra religião "concorrente", ou as outras religiões, e nunca terá tempo de AMAR. Podendo depois, decepcionado com ela ou elas, tornar se ateu por não acreditar nos deuses das religiões, tão ocupados em destruírem seus concorrentes, ou os seguidores desses.


Infelizmente, por mais incrível que pareça, o homem não procura DEUS além das religiões. "AMAR ao próximo..." sem procurar saber, na realidade, quem foi que nos ensinou isso, seria principiar a Viver - Viver!  Não só respirar!


Para isso foi criada a filosofia humanística; para indicar que talvez possamos caminhar em harmonia com a Natureza, respeitando os nossos semelhantes - e os outros também -  esquecendo Tudo o mais!

Armando Costa Rocha

 
7468
Loading. Please wait...

Fotos popular