Pravda.ru

Notícias » CPLP


Eleições: veja amigo em seu mandato...

11.08.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

®Fahed Daher

Iniciada a campanha eleitoral! Na procura do resultado das urnas fica uma expectativa:

1= O povo quer realmente partidos políticos da busca do poder pelo poder ou quer a força do pensamento que discute para criar constituição e leis que possam ser justas?

2= O volume de candidatos é o chamamento para o trabalho de atendimento da sociedade na doação espontânea, sem pretensão de vaidade ou domínio ou sem o servilismo?

Ou defender interesses de grupos ou interesses de grandes empresas?

3= O volume de candidatos é a real pretensão de desenvolver ou colaborar francamente para o desenvolvimento da população, promovendo as classes marginalizadas,sem promessas vãs ou promessas mentirosas ausente das vaidades e das promoções pessoais?

4= Não existe neste volume de candidatos a grande a intenção e o objetivo, oculto, de viver às custas dos salários dos cargos eletivos bem remunerados e das vantagens que o professorado e que a maioria dos profissionais, com cursos superiores não alcançam?

5= = Se a sorte está lançada...Se o processo eleitoral está integrado nos códigos da lei que os mesmos políticos estabeleceram, embora não exatamente códigos justos de leis, mas juridicamente estabelecidos, resta louvar os candidatos e clamar:

Veja amigo em seu mandato / o que de bom se procura, / mas se procura de fato / da rica candidatura.

Não seja a sua vitória / o momento do uso arguto; / marque ponto, / faça a história, / levante o peito impoluto.

Que não seja uma tramóia / esta refrega tamanha, / que não seja a paranóia / de tomar quando se ganha.

Que seja a idéia grandiosa / a grande constituição, / a luta maravilhosa / do povo, / da redenção.

Os deveres e os direitos / não sejam tristes novelas; / as lutas dos grandes feitos / são as mais nobres, mais belas.

Do sonho da juventude, / a campanha eleitoral / tenha sido sua virtude / de uma conquista ideal.

Foi pra rua, pediu voto, / pregou o ideal do trabalho? / Não seja do tipo escroto / sem moral, tipo espantalho.

Não seja a sua conquista / a vitória da batalha / de guerreiro vigarista / gigolô de vida falha.

O político decente / cria a nova geração; / o político indecente / corrompe Deus e a Nação.

A glória é feita, afinal / da conquista do universo, / a grande luta ideal / se imortaliza num verso.

Crianças olham seus passos / e admiram, certamente, / seus sorrisos, seus abraços / e se lembram ternamente.

Você não tem o direito / de aviltar-lhes a ilusão. / Elas carregam no peito / o tesouro da nação.

Seu filho, sobrinho, neto, / querem vê-lo numa história / como o herói predileto / aureolado de glória.

Deputado, vereador, / político brasileiro! / Seja honra, seja amor, / seja luz do mundo inteiro.

De manhã, antes de ir / abraçar os eleitores / vá ao templo pra pedir /anjos bons e protetores.

Sua Pátria não foi feita / por seu gesto de heroísmo; / pura ou não, por sua desfeita / não a atire num abismo.

A traição não se perdoa, / Judas mostrou, na desgraça; / por traição, que se corroam / as entranhas da sua raça.

Se não puder ser gigante / seja ao menos pedra dura / que não se rompe diante / da oferta negra da usura.

Deus do Céu deu-lhe a incumbência / de zelar dos filhos Seus; /pede a Ele, na decência, / sua rota pra Deus.

Um seu gesto “alucinado”/ desfaz virtude da gente, / gente que busca o recado / do político valente.

Tendo nas mãos o direito / de legislar cada dia, / beneficiar-se do feito / é baixeza e covardia.

Mete os peitos com vontade, / sendo nobre a sua luta! / Mas se for sem lealdade / você é filho da puta....

“Filhos do século das luzes,

Filhos da Grande Nação,Quando ante Deus vos mostrardes Tereis de Deus uma unção, “se fordes honestos” (Castro Alves)

- Médico- Apucarana- Paraná ddaher@net21.com.br

Academia de Letras de Londrina.- Academia de Letras Centro Norte do Paraná

Centro de Letras do Paraná – “ SOBRAMES.”

 
4409
Loading. Please wait...

Fotos popular