Pravda.ru

Notícias » CPLP


Os Zumbis

08.11.2018 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
 
Os Zumbis. 29847.jpeg

Os Zumbis

No início eles eram poucos e as pessoas os olhavam com  curiosidade.

Os zumbis pareciam uma espécie extinta no Brasil. Houve um surto de zumbis no Brasil entre 1964 e 1988, época em que tiveram muito  prestígio no país, mas depois viraram minorias.

Vez que outra aparecia a notícia de que um zumbi tinha sido encontrado,mas eram raros, Aqui em Porto Alegre, se dizia que havia zumbis escondidos nos Moinhos de Vento, mas bairros como a Restinga, o Passo da Areia e Partenon, já tinham sido declarados zonas livres dessa praga.

Aí aconteceu que, sem nos darmos conta, eles começaram a aparecer, principalmente depois de 2013.

Aproveitando  um certo desleixo das autoridades e da complacência das pessoas em geral, eles começaram a surgir aos magotes.

Já havia muitos zumbis na imprensa, no parlamento, nos tribunais, nas igrejas. Agora, eles não se escondiam mais.  Pelo contrário, diziam que o Brasil logo seria deles.

Havia cerimônias públicas de iniciação de novos zumbis.

Quem fosse mordido por um zumbi logo virava outro e saia a caça de novos parceiros.

As pessoas, que pensavam que era apenas uma moda passageira, como a música sertaneja e o bambolê, logo se deram conta que eles vieram para ficar.

Em pouco tempo, eles se tornaram maioria nos estados do sul. Apenas no nordeste, eles ainda eram minoria.

Em Porto Alegre, eles transformaram o Parcão em sua sede campestre

De todas as espécies de zumbi, os mais perigosos eram os chamados "zumbis de camisa amarela".

Com esses, não havia conversa.

No início, havia alguns zumbis que ainda podiam ser salvos com uma boa conversa. Eram os zumbis que frequentavam a Livraria Bamboleras, do Milton Ribeiro e o Cinema Guion.

Hoje, até esses poucos zumbis viraram radicais.

Em outubro último, eles se tornaram maioria no País.

Seu líder, o Grande Zumbi , foi proclamado o Fuher do país e em janeiro, toma posse diante de outras centenas de zumbis em Brasília.

O que fazer diante desse mundo zumbi?

O Grupo de Resistência aos Zumbis, o GRZ lançou essa semana uma cartilha com as normas de procedimento para os que ainda se conservam imunes a essa praga.

Eis algumas que você deve obedecer:

1 - Ande sempre com um livro. Os zumbis têm horror a livros e não atacam pessoas que andem com eles

2)  Se você estiver sozinho,  evite usar uma roupa vermelho. Essa cor funciona para um zumbi como para um touro. Ele fica furioso. Em grupos,  porém, é importante usar o vermelho para mostrar que a resistência existe.

3 - Não tente convencer um zumbi de que ele está errado. O zumbi perdeu a capacidade de ser racional.

4) Enfim, mantenha a esperança e se conserve unido a outros resistentes.

5) Caso você tenha sido mordido por um zumbi, procure auxílio urgente.  Ligue para o GRZ.

Marino Boeira é jornalista, formado em História pela UFRGS

 

 
3664
Loading. Please wait...

Fotos popular