Pravda.ru

Notícias » CPLP


Lisboa: Nova editora com ênfase nos direitos humanos

03.10.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

A Editorial Hespéria, fundada em Outubro de 2006, lança a sua primeira obra na Reitoria da Universidade de Lisboa.

Esta nova editora dá especial ênfase à área dos direitos humanos e aposta, sobretudo, no interesse dos títulos, na qualidade das traduções – sempre a partir do original – e na minúcia das revisões.


Lady Macbeth de Mtsensk

Dos grandes escritores russos, Nikolai Leskov (1831-1895) é o único cuja obra ainda é largamente desconhecida fora da Rússia. Nem mesmo a declaração abonatória de Máximo Gorki, segundo a qual «Leskov é o escritor mais profunda-mente enraizado no povo e isento de quaisquer influências estrangeiras», logrou reabilitá-lo após a Revolução Russa, pelo que só em décadas recentes se dá o reconhecimento tardio da sua obra.

O interesse pela obra de Leskov manteve-se vivo, em parte, graças à ópera de Dmitrii Chostakóvitch, "Lady Macbeth do Distrito de Mtsensk", estreada e em 1934, proibida em 1936 e revista como Katerina Izmáilova, em 1963. Outras adaptações incluem o filme "Sibirska Ledi Magbet" («Lady Macbeth da Sibéria»), do polaco Andrej Wajda, realizado em 1962.

ENTRADA LIVRE

EDITORIAL HESPÉRIA em parceria com a REITORIA – Divisão de Actividades Culturais e Imagem da DSRE, primeiro número da colecção Clássicos Modernos, é considerado um dos grandes clássicos da literatura universal, a par de Anna Karenina ou de Madame Bovary. Trata-se da história de Katerina Lhvóvna, uma jovem russa que, ao apaixonar-se pelo capataz do marido, se transforma subitamente de mulher submissa em assassina cruel.

 
1694
Loading. Please wait...

Fotos popular