Pravda.ru

Notícias » Negόcios


Díaz-Canel destaca aval de Cuba em matéria dos Direitos Humanos

28.02.2020 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Díaz-Canel destaca aval de Cuba em matéria dos Direitos Humanos. 32746.jpeg

Díaz-Canel destaca aval de Cuba em matéria dos Direitos Humanos

 

Havana, 27 fev (Prensa Latina) O presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, reafirmou hoje aqui que a ilha conta com os requisitos para integrar novamente o Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas no período 2021-2023.

 

Este 25 de fevereiro o chanceler Bruno Rodríguez apresentou a candidatura da maior das Antilhas para essa instância, durante sua intervenção no Segmento de Alto Nível do 43 período ordinário de sessões deste organismo, em Genebra, Suíça.



Temos moral e assiste-nos o direito, plasmou o presidente cubano em sua conta no Twitter, onde colocou um link a um artigo publicado hoje no jornal Granma que menciona alguns exemplos do compromisso da ilha com a promoção e proteção dos Direitos Humanos para todas as pessoas e povos do mundo.



De acordo com o rotativo, apesar do bloqueio de Estados Unidos, Cuba cumpriu os oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio e suas metas, três deles antes do prazo fixado em 2015, e tem pleno compromisso com a Agenda 2030 e seus 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, com algumas metas já atingidas.



Assim, conta com relevantes resultados em matéria de educação, saúde e segurança social, reconhecidos mundialmente.



A vocação solidária da ilha de expressa, entre outros exemplos, em seu apoio a África em suas lutas contra o colonialismo e o apartheid, e no combate contra o ebola nesse continente, e na participação de mais de 400 mil colaboradores da saúde em 164 países.



Esse labor permitiu ao contingente médico cubano Henry Reeve obter o Prêmio de Saúde Pública em Memória do Dr. Lee Jong-wook, outorgado pelo Conselho Executivo da Organização Mundial da Saúde, declarou.



Também, graças ao programa de alfabetização Eu sim posso (Prêmio de Alfabetização Unesco-Rey Sejong em 2006 e Prêmio Mestres 68 em 2012) mais de nove milhões de pessoas foram alfabetizadas em mais de 30 Estados.



Propõe, que entre os exemplos mais relevantes da contribuição da Ilha à paz mundial sobressaem a Proclama de América Latina e Caribe como Zona de Paz durante sua Presidência da Comunidade de Estados Latino americanos e Caribenhos (Celac).



Cuba foi eleito membro fundador do Conselho de Direitos Humanos de ONU de 2006 a 2009, e membro nos períodos 2009-2012, 2014-2016 e 2017-2019, sendo neste último caso o país mais votado da região.



De junho de 2011 a junho de 2012 assumiu uma das vice-presidências do Conselho, em representação da América Latina, recorda o artigo jornalístico.



mem/evm/bj

 

https://www.prensalatina.com.br/index.php?o=rn&id=29497&SEO=diaz-canel-destaca-aval-de-cuba-em-materia-dos-direitos-humanos

 

 
3559

Fotos popular