Pravda.ru

Notícias » Negόcios


Expansão do Porto de Santos

23.04.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Governo autoriza estudo para expandir Porto de Santos - A Secretaria Especial de Portos autorizou na sexta-feira (18) o início do estudo de viabilidade para implantação do complexo portuário conhecido como Barnabé-Bagres, no Porto de Santos.

A Secretaria Especial de Portos autorizou na sexta-feira (18) o início do estudo de viabilidade para implantação do complexo portuário conhecido como Barnabé-Bagres, no Porto de Santos. Trata-se do principal projeto de expansão do setor portuário no País, que agregará ao complexo santista uma capacidade de movimentação de mais 120 milhões de toneladas. A capacidade atual do Porto de Santos é de 110 milhões de toneladas.


Planejado para o mínimo impacto ambiental e atendendo aos modernos conceitos de infra-estrutura portuária, a previsão é que sejam investidos R$ 9 bilhões na construção do novo complexo. Os estudos serão realizados pela empresa Santos Brasil. A autorização não tem caráter de exclusividade e foi concedida sem ônus para a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), nos termos da legislação pertinente, de forma que qualquer interessado que reúna condições técnico-econômicas possa pleitear o mesmo tipo de autorização.


Empregos - O projeto Barnabé-Bagres deve gerar cerca de vinte mil empregos diretos na sua operação e garantirá outros 15 mil durante o período de implantação. Barnabé-Bagres é um modelo inédito no País, não apenas pela modernidade do projeto, mas, também, pelo investimento. Inclui armazéns, silos, pátios, tancagens e guindastes. O projeto conceitual do Barnabé-Bagres contempla a expansão do cais em direção à margem esquerda do canal, encontrando seu ancoradouro nas ilhas de Barnabé e Bagres, na parte continental de Santos.


Os números iniciais do projeto surpreendem. São 6 milhões de m² de área, 11 mil metros de cais e 45 berços de atracação para navios. Para reduzir o impacto ambiental, o projeto prevê que 80% da área total sejam instaladas sobre a água e em áreas degradadas, evitando danos ambientais significativos.

 
2141
Loading. Please wait...

Fotos popular