Pravda.ru

Notícias » Negόcios


Brasil: Indústria dos tratores em alta

22.06.2009 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

De julho de 2008 a maio deste ano, foram vendidos 11 mil tratores de até 78 cavalos a agricultores familiares. A cada cinco tratores produzidos no Brasil de janeiro a maio de 2009, três (61%) foram financiados pelo programa Mais Alimentos, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Mas os reflexos vão além da modernização da infraestrutura produtiva da agricultura familiar. Atualmente, cerca de 2,3 mil empregos da indústria de tratores são mantidas pelo Programa, o que corresponde a 41% da mão-de-obra do setor. O Programa também motivou empresas a nacionalizar componentes, gerando mais empregos brasileiros.


Em um momento de retração geral do crédito, as linhas de investimento aumentaram para R$ 4 bilhões, o maior volume da história do Pronaf (Programa Nacional da Agricultura Familiar). Este investimento serviu de base para o melhoramento genético com aquisição de matrizes, correção de solo, construção de agroindústrias e aquisição de máquinas e equipamentos.

Assistência Técnica –
O investimento é qualificado pelo trabalho da Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), que auxilia, sem custos, o agricultor a elaborar projetos produtivos. O desafio do Mais Alimentos de levar conhecimento à agricultura familiar resultou na realização de 1.628 atividades de transferência de tecnologias em leite, milho, mandioca, feijão, arroz, trigo, café, frutas, olerícolas, soja, suínos e pequenos animais e aves. Hoje, mais de 23 mil técnicos de 459 instituições credenciadas estão diretamente envolvidas neste processo, garantindo assistência técnica a 1,2 milhão de agricultores familiares.


O resultado destas ações é o incremento da produtividade na safra 2008/2009, que termina no final de junho. Em mais de um milhão de propriedades assistidas pela assistência técnica, foi registrado aumento de 18,25% na produção de leite; 13,4% na de mandioca; 9,3% na de milho; 8,9% na de feijão; 7,6% na de café; 6,3% na de arroz; e 5,4% na de trigo. Apenas nestes sete produtos, o crescimento da produção da agricultura familiar foi de 7,8 milhões de toneladas. O resultado é mais expressivo se considerado que a produção geral destes produtos no País recuou 5%.

O programa –
O Mais Alimentos foi uma resposta à crise que sacudiu os mercados globais no primeiro semestre de 2008. O limite de crédito por agricultor é de R$ 100 mil, que podem ser pagos em até dez anos, com até três anos de carência e juros de 2% ao ano. O alcance desta iniciativa foi ampliado pelo acordo firmado com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) e Sindicato das Indústrias de Máquinas e Equipamentos Agrícolas do Rio Grande do Sul (Simers), que garantiram descontos de até 17,5% nos tratores e de até 15% nos de máquinas, implementos e equipamentos agrícolas.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República

 
3033
Loading. Please wait...

Fotos popular