Pravda.ru

Notícias » Negόcios


Encontro trilateral em Genebra procura promover diálogo sobre Síria

15.02.2014 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Encontro trilateral em Genebra procura promover diálogo sobre Síria. 19800.jpeg

Genebra, (Prensa Latina) Nesta quinta (13) uma reunião trilateral no Palácio das Nações entre a ONU, a Rússia e os Estados Unidos com o objetivo de impulsionar as negociações de paz para a Síria, iniciadas em 22 de janeiro.


No encontro, participarão o mediador das Organização das Nações Unidas e Liga Árabe para o conflito no país levantino, Lajdar Brahimi, o vice-ministro de Exteriores russo, Guennadi Gatílov, e a subsecretária de Estado estadunidense, Wendy Sherman.


Esta reunião, prevista inicialmente para a sexta-feira, foi adiantada com o fim de tratar de acelerar o ritmo do diálogo.


Em sua chegada à cidade suíça, o representante russo advertiu sobre um projeto de resolução apresentado no Conselho de Segurança da ONU, que tem como propósito servir de base para o uso da força contra a Síria.


Gatílov afirmou que seu país vetaria uma resolução ao respeito se não se modifica o rascunho elaborado por alguns países árabes e apoiado pelos Estados Unidos e outras potências ocidentais.


A Rússia denunciou que o projeto de abrir os chamados corredores humanitários na Síria é absolutamente unilateral e seu objetivo é socavar o processo de paz e criar desculpas para que volte o roteiro militar.


O vice-ministro russo ratificou que o pilar para o diálogo é o comunicado de Genebra I, adotado em junho de 2012, o qual indica que todas as decisões devem ser tomadas sobre bases mutuamente aceitáveis.


As negociações começaram na cidade de Montreux em 22 de janeiro e prosseguiram de 24 a 31 em Genebra com a participação de uma delegação do governo de Damasco e da chamada Coalizão Nacional para as Forças da Revolução e a Oposição Síria (Cnfros).


Depois de uma pausa de 10 dias, o processo foi retomado nesta semana, mas - segundo admitiu o mediador - até agora não houveram muitos progressos.


A delegação do governo para as conversas afirma que uma solução à crise passa pelo fim do apoio militar e financeiro de algumas potências e países do Golfo aos grupos terroristas que causam o caos.


Segundo várias estimativas, no território estão presentes cerca de 100 mil mercenários de mais de 80 países e muitos estão associados às organizações extremistas como a Rede Al-Qaeda ou a Frente al Nusra.


No entanto, a Cnfros, uma coalizão que surgiu no Catar e que não representa toda a oposição moderada, pretende analisar unicamente a criação de um governo de transição.


Esta aliança, que enfrenta fortes divisões internas, responde aos interesses do ocidente que pretende a saída do poder do presidente Bashar al Assad, algo que não está previsto nos passados acordos de Genebra I.


Essa é a principal dificuldade para um avanço real das conversas que se preveem longas e difíceis.


http://www.iranews.com.br/noticia/11748/encontro-trilateral-em-genebra-procura-promover-dialogo-sobre-siria

 
3738
Loading. Please wait...

Fotos popular